Publicidade

Mercedes-Benz poderá lançar ainda mais modelos compactos

Texto: Carlos Moura
Data: 31 de Agosto, 2020

Novos modelos compactos da Mercedes-Benz, incluindo elétricos, poderão estar a caminho. A nova plataforma MFA é suficientemente flexível para acomodar vários modelos, segundo adiantaram responsáveis da marca alemã a uma publicação australiana.

A Mercedes-Benz está empenhada no desenvolvimento de vários modelos novos. Além do novo Classe S, que está quase a apresentado, a marca alemã está a trabalhar em outros projetos.

Um deles é o EQA, o primeiro automóvel compacto elétrico do construtor de Estugarda, que deverá chegar no final do ano. Entretanto correm alguns rumores que sugerem o lançamento de outros modelos compactos.

Numa conversa com um jornalista da publicação australiana Which Car, o responsável de desenvolvimento de automóveis compactos da Mercedes-Benz, Axel Heix, e o responsável de testes de veículos, Johen Eck, admitiram ser possível a disponibilização de mais veículos compactos. Nenhum deles confirmou a informação, mas os indicadores vão nesse sentido.

Protótipo do Mercedes-Benz EQA em testes de inverno no Ártico
Protótipo do Mercedes-Benz EQA em testes de inverno no Ártico

“É claramente uma enorme ajuda dispormos de uma plataforma totalmente desenvolvida que pode acomodar cadeias cinemáticas alternativas. Isto significa que não temos de nos preocupar com bases como a suspensão, a carroçaria, o interior ou o exterior. Tudo isso está totalmente desenvolvimento e nós só temos de colocar uma cadeia cinemática alternativa”, comentaram.

Flexibilidade permitida pela plataforma MFA

A plataforma MFA da Mercedes-Benz é o suficientemente flexível para permitir o desenvolvimento de novos derivativos de modelos já existentes.

Como exemplos temos o Classe A, o GLA e o CLA que foram lançados em menos de dois anos. O novo EQA virá encerrar o ciclo (para já) com a sua estreia oficial antes do final do ano.

LEIA TAMBÉM
Veja o protótipo do Mercedes EQA em ação

A Which Car especula mesmo que um modelo compacto elétrico poderia juntar-se ao já confirmado EQA.

Uma das opções possíveis seria um bicorpo (hatchback) ou um tricorpo (berlina) com motor elétrico e dimensões semelhantes ao Classe A ou ao CLA, respetivamente.

Apesar da plataforma MFA ser flexível e permitir quase todos os tipos de formas, o desenvolvimento não acontece de um momento para o outro.

“Temos ainda de efetuar todo o trabalho de desenvolvimento e de testes para atingir o nível de maturidade necessário para cada modelo novo e isso também inclui as alternativas potenciais”, sublinhou Axel Heix.

“Não existe uma solução imediata, mas ajuda ter uma plataforma que permite alcançar esse objetivo”, acrescentou.