Publicidade

Mercedes-Benz Classe T quer ser referência nos mini-MPV premium

Texto: Carlos Moura
Data: 26 de Abril, 2022

Para famílias com estilo de vida ativo que necessitem de um veículo compacto, mas espaçoso e com uma imagem premium, a Mercedes-Benz propõe o novo Classe T, um mini-MPV, que inicialmente estará disponível numa versão curta com cinco lugares. 

Com o desaparecimento dos monovolumes e responder a alguma procura por parte dos clientes particulares que não pode ser satisfeita pelos SUV compactos ou médios em termos de espaço e versatilidade, alguns construtores estão a desenvolver veículos denominados mini-MPV com base em plataformas de veículos comerciais. 

O caso mais recente é a Mercedes-Benz com o novo Classe T. A marca alemã justifica esta opção pelo crescimento significativo do segmento dos mini-MPV nos últimos anos, especialmente pelas famílias e pelos entusiastas do lazer que necessitam de bastante espaço para a vida quotidiana, como também para viagens de lazer e atividades desportivas, mas que não dispensam o conforto e o estilo. 

Mercedes-Benz Classe T

Com duas portas laterais deslizantes para facilitar as entradas e saídas do veículo, cinco verdadeiros lugares, um amplo espaço interior e opções flexíveis da bagageira, o Mercedes-Benz Classe T foi projetado para dar ser uma das referências no exclusivo (e reduzido) segmento dos mini-MPV premium. 

Imagem premium

O design do Mercedes-Benz Classe T mantém-se fiel aos traços distintivos da marca alemã, distinguindo-se pelo equilíbrio das proporções, as superfícies suaves e os ângulos arredondados. Os ombros musculados e os arcos das rodas pronunciados sublinham a energia do veículo e o apelo emocional. A grelha do radiador cromada, a pintura na cor da carroçaria das capas dos espelhos retrovisores, dos puxadores das portas e dos pára-choques reforçam a imagem premium.

Na fase de lançamento, o Mercedes-Benz Classe T será proposto na versão curta de cinco lugares com um comprimento exterior de 4,5 metros, uma largura de 1,86 metros e uma altura de 1,81 metros. Mais tarde chegará uma versão longa de sete lugares.

Capacidade da bagageira vai dos 520 litros aos 2390 litros, na versão de cinco lugares

Espaço é um dos argumentos do Classe T, cuja bagageira oferece uma capacidade de 520 litros com os bancos traseiros na posição normal que pode ser ampliada até aos 2390 litros com o rebatimento dos mesmos.

O aspeto premium do exterior estende-se ao habitáculo que oferece acabamentos sofisticados. O equipamento também é completo em todas as versões, destacando-se o sistema de infoentretenimento com ecrã tátil de sete polegadas e integração de smartphone, volante multifunções com botões táteis “Touch Control”, arranque sem chave, ar condicionado, painel de instrumentos com ecrã de 5,5”, assento ajustável em altura do condutor, porta-luvas fechado.

Os materiais utilizados também sublinham o caráter premium como o apoio de braços central com revestimento em pele Artico, enquanto o revestimento das portas o Classe T é  feito em Neotex. Todos os modelos possuem um friso brilhante no painel de instrumentos.

Motores diesel e gasolina

O Mercedes-Benz Classe T será comercializado nos níveis de equipamento “Style” e “Progressive”. Entre os apontamentos distintivos destaque para os revestimentos em pele dos bancos e elementos em preto brilhante nas portas e consola central. Em opção, estes revestimentos estão disponíveis em amarelo limão nos bancos e na consola central. As costas dos bancos dianteiros possuem mesas rebatíveis, que estão preparadas para acomodar smartphones ou brinquedos de crianças.

No capítulo mecânico, a oferta inicial do Classe T compreende dois motores de quatro cilindros, um diesel e outra gasolina, sendo cada um proposto em dois níveis de potência: 95 cv e 116 cv no primeiro caso e 102 cv e 131 cv, no segundo.

LEIA TAMBÉM
Mercedes-Benz Concept EQT. Novo MPV de sete lugares da família EQ chega em 2022

Todos os motores possuem função Eco start/stop e todos estão disponíveis com caixa manual de seis velocidades. As duas motorizações diesel e o motor a gasolina mais potente também podem estar associados a uma caixa de dupla embraiagem de sete velocidades.  

O Mercedes-Benz Classe T começa a ser comercializado no mês de junho, mas os preços para Portugal ainda não foram divulgados.