Publicidade

Novas versões e preços. Mazda apresenta renovação da gama para Portugal

Texto: Francisco Cruz
Data: 30 de Abril, 2021

Com Portugal a procurar regressar, progressivamente, à normalidade, a Mazda decidiu assinalar a chegada, ao nosso País, da mais recente renovação de gama. A qual, a par de algumas novidades técnicas e de equipamento, traz também consigo a assunção da nova aposta, em termos de modelos, para o biénio 2021-2022.

Numa altura em que as previsões económicas apontam para uma recuperação ligeiramente mais rápida da crise em que o mundo tem vivido, ainda que prolongando-se, no mínimo, pelos próximos dois anos, a Mazda Portugal começou já a retomar o futuro. O qual, apresentando como traves mestras as directrizes da casa-mãe que apontam para uma eletrificação total da gama até 2030, assim como para a neutralidade carbónica até 2050, passará por uma adequação dos modelos, em função daquilo que são os sinais do mercado.

Recordando a implementação cada vez mais forte dos SUV, que em Portugal já valem cerca de 40% do mercado, o director-geral da Mazda Motor de Portugal, Luís Morais, começou por revelar que, a aposta da marca, para o próximo biénio, passará, essencialmente, por aqueles que são os actuais SUV da marca de Hiroshima: MX-30, CX-3 e CX-5. Aos quais se juntará, no entanto, um novo produto, do mesmo género, para o segmento B, além de um substituto para o Mazda6. Também neste caso, com o futuro a apontar para um SUV ou crossover…

O Mazda MX-5 ‘100.º Aniversário’

Excepção, mas com igual importância nesta estratégia, o roadster MX-5, “um modelo que, hoje em dia, está, basicamente, sozinho no seu segmento, e do qual, independentemente do estado em que o mercado se encontre – em crise, com ou sem pandemia… -, vendemos sempre, todos os meses, unidades”, revelou o mesmo responsável.

LEIA TAMBÉM
Mazda adere à eFuel Alliance no apoio aos e-combustíveis

Já o Mazda3, único hatchback parte desta aposta, acaba por conseguir um lugar, não tanto devido aos resultados em Portugal, mas, sim, pelas boas vendas noutros mercados europeus, onde o segmento C continua a ser muito importante, justifica o director-geral da Mazda Motor de Portugal.

e-Skyactiv X com melhores consumos e emissões

Falando especificamente desta nova atualização, que, embora abarcando os modelos atrás referidos, apresenta, em todos eles, especificidades distintas, destaque, como primeira novidade, as evoluções técnicas feitas na motorização mais recente do fabricante – o e-Skyactiv X com tecnologia micro-híbrida.

Um motor a gasolina cujo funcionamento é semelhante a um Diesel, desde logo, por trabalhar com um excesso de partes de ar face aos blocos a gasolina e, por isso, com uma mistura mais pobre, acrescentando, depois, a essa característica Diesel, a promessa de uma agradabilidade na resposta, idêntica à de um motor a gasolina.

O motor e-Skyactiv X

Disponível apenas no Mazda3 e no CX-30, este bloco 2.0 litros foi, também ele, alvo de melhorias, nomeadamente, ao nível da taxa de compressão, que passou dos 16.3:1 para 15.0:1, além de uma optimização do controlo de combustão, modificação dos pistões e atualização do software do sistema micro-híbrido a que a Mazda chama ‘M Hybrid’. O que acabou resultando, segundo a marca, não apenas numa faixa operacional mais ampla de eficiência de combustão, como também numa maior estabilidade da ignição, e, principalmente, num aumento da potência em 6 cv (186 cv) e do binário em 16 Nm (240 Nm às 4.000 rpm), além de uma redução nos consumos médios de 0,5 l/100 km e nas emissões, de 10 g/km.

De resto e perante esta nova realidade, o Mazda CX-30 e-Skyactiv X passa a anunciar uma média de consumo combinada (WLTP) de 6,6-5,7 l/100 km, com emissões de CO2 médias de 149-128 g/km.

Novidades também no equipamento

Relativamente ao equipamento e começando, precisamente, pelo CX-30, a evolução agora apresentada trouxe, essencialmente, um reforço do equipamento de segurança, oferecido através do pack i-Activsense, o qual passa a integrar um sistema de Monitorização do Condutor.

Mazda CX-30

Quanto ao eterno Mazda MX-5, a introdução de novas cores exteriores – Deep Crystal Blue Mica é a tonalidade em destaque – e novos revestimentos em couro napa Pure White, a par de uma versão especial, denominada, precisamente, ‘Special Edition’, e que soma, entre outros argumentos, jantes Rays de 16″ ou BBS de 17″, Soft Top em preto ou tejadilho retráctil (RF) Twin Tone, e espelhos retrovisores em preto. Argumentos que se soma, ainda e para todas as versões, a ligação Wireless compatível com Apple CarPlay.

Finalmente e já no capítulo técnico, a garantia de melhoramentos no chassis, estrutura da carroçaria e direcção, para uma dinâmica ainda mais excepcional.

Mazda CX-5 com nova edição especial

Passando ao modelo que traz mais novidades, o Mazda CX-5, destaque, em particular, para a introdução de uma nova e exclusiva edição especial, denominada ‘Homura’, palavra que em português significa “fogo” ou “chama”. E que, no maior dos SUVs de Hiroshima, é também sinónimo de acabamentos exteriores personalizados, como é o caso das jantes de liga leve de 19″ em preto e retrovisores exteriores em preto.

Mazda CX-5 Homura

Já no habitáculo, além de revestimentos e acabamentos exclusivos em preto, com costuras a vermelho, um banco do condutor elétrico e, tal como o do passageiro da frente, aquecido, assim como apontamentos a vermelho no volante, apoio de braço dianteiro, apoio de braço nas portas e consola central.

Novidade é, de resto, também, o sistema de quatro câmaras a apresentarem o espaço em redor do carro (360°), um alarme contra roubo com sensor de intrusão e sirene, e, no centro do tablier, um ecrã central maior, de 10.24 polegadas. Sem esquecer a introdução, na já conhecida App MYMazda, de Serviços Conectados para toda a Europa.

Finalmente, melhoramentos, também nos grupos propulsores, assim como na caixa automática de 6 velocidades e no pedal do acelerador, além de disponibilização da mais recente geração do sistema de tracção integral inteligente i-Activ AWD.

Mazda CX-5 Homura

Versões e preços

Passando às versões e preços, no mercado nacional, a disponibilização do Mazda MX-5 com motores a gasolina Skyactiv-G 1.5 de 132 cv e 2.0 de 184 cv, e quatro níveis de equipamento: Evolve, Excellence e Special Edition, todas elas tanto com capota de lona (Soft Top), como com tejadilho retráctil (RF). A única excepção é a versão ‘100º Aniversário’, também em comercialização, a qual surge apenas na variante Soft Top.

Quanto a preços, o Evolve está disponível, tanto na carroçaria Soft Top, como RF, por valores entre os 29.077€ e os 31.949€, ao passo que os preços do Excellence variam entre os 35.077€ e os 51.265€. Já a edição de aniversário, apenas com motor 1.5 de 132 cv, orça em 37.577€, ao passo que a nova Special Edition, disponível tanto com Soft Top, como com tejadilho retrátil, tem preços entre os 37.172€ e os 51.265€. Fruto, também, do facto de ser proposta, quer com o 1.5, quer com o 2.0.

Relativamente ao importante CX-5, disponível tanto com motor a gasolina Skyactiv-G, como com motorização Skyactiv-D, passa a estar disponível, em Portugal, com quatro níveis de equipamento – Exclusive, Excellence, Homura e Special Edition – e preços que, na versão de entrada, variam entre 33.276€ e 42.382€; no Excellence, entre os 38.463 e 46.960€; no Homura, entre os 37.003€ e os 50.099€; e, no Special Edition, entre os 39.589€ e 63.159€.

Mazda3

No entanto e por se tratar de um lançamento, a Mazda preparou uma campanha especial para a versão Homura, que, mediante o recurso a crédito e a uma TAEG de 8,9%, permite adquirir este modelo por 33.329€.

Passando ao Mazda CX-30, uma oferta sustentada nas versões Evolve, com preços entre os 29.939 e os 33.484€, e Excellence, com valores de entrada entre os 37.084€ e os 40.829€, sendo que, a marca nipónica propõe este modelo, com motor e-Skyactiv G de 150 cv, nível de equipamento Evolve, e pack de segurança i-Active,  por 28.178€. Valor conseguido ao abrigo de uma campanha de crédito, com TAEG de 8,8%.

Já o Mazda CX-30 e-Skyactiv X de 186 cv, está disponível com os níveis de equipamento Evolve – preços entre 37.018€ e 42.353€ – e Excellence – 40.620€ e 46.741€ -, enquanto o Mazda3, comercializado em Portugal com motores a gasolina e-Skyactiv G de 122 e 150 cv, assim como nas carroçarias hatchback e berlina (CS), é proposto nas mesmas versões Evolve – 28.515€ e 35.266€ – e Excellence – 34.859€ e 37.356€.

Mazda CX-30

Níveis de equipamento que, no entanto, também podem ser conjugadas com a motorização e-Skyactiv X de 186 cv, o que, no entanto, leva a um aumento de preço. No caso do Evolve, passando para o patamar entre os 33.433€ e os 40.104€, ao passo que, no Excellence, passando a ostentar valores de entrada entre os 37.657€ e os 42.964€.

Todas as versões e motorizações, estão disponíveis, desde já, na rede de concessionários oficiais da Mazda em Portugal.