Mazda BT-50 2020

Publicidade

Mazda revela terceira geração da pick-up BT-50

Texto: Carlos Moura
Data: 18 de Junho, 2020

A pick-up BT-50 da Mazda foi totalmente renovada. A terceira geração partilha a plataforma da nova Isuzu D-Max e vai ser produzida na Tailândia. A sua comercialização não está prevista, para já, na Europa e América do Norte.

A Mazda apresentou a terceira geração da sua pick-up BT-50, que deverá começar a ser comercializada no final deste ano. Ao contrário dos modelos anteriores, que eram baseados na Ford Ranger, a nova Mazda BT-50 irá utilizar a plataforma da mais recente geração da D-Max, ao abrigo de uma parceria industrial com a Isuzu.

Apesar de não se encontrar disponível em Portugal, a Mazda BT-50 tem sido comercializada, desde 2006, nas regiões da Oceania, Ásia-Pacífico, América Central e do Norte, Médio Oriente e África.

Entre as suas caraterísticas, a marca japonesa destaca o design desportivo e robusto, as capacidades excecionais para vencer todas as condições de condução e a funcionalidade.

A nova Mazda BT-50 vai adotar o conceito de design Kodo da Mazda, que foi adaptado em função das caraterísticas de uma pick-up, designadamente em termos de força, resistência, robusteza e funcionalidade.

Motor Isuzu de 190 cv

A versão de cabina dupla da nova Mazda BT-50 não vai apresentar dimensões muito diferentes dos principais concorrentes do segmento de pick-up de dimensões médias: 5,28 metros de comprimento, 1,87 metros de largura, 1,79 metros de altura total e 3,12 metros de distância entre-eixos. A capacidade de carga anunciada é de 1065 kg e a capacidade de reboque de 3500 kg.

LEIA TAMBÉM
Isuzu desenvolveu nova D-Max. Também para a Europa

A Mazda BT-50 será proposta com motor diesel de 3,0 litros, fornecido pela Isuzu, que desenvolve uma potência de 190 cv e um binário de 450 Nm.

A transmissão poderá ser assegurada por uma caixa de velocidades manual ou automática, ambas de seis relações.

Este modelo estará disponível em versões 4×2 e 4×4.