Publicidade

Apenas em Hiroshima. Mazda já produziu mais de 1,15 milhões de MX-5

Texto: Francisco Cruz
Data: 16 de Julho, 2021

A Mazda está a assinalar um momento particularmente importante: a sua fábrica de Hiroshima acaba de ultrapassar a fasquia das mais de 1,15 milhões de unidades produzidas. Neste caso, de um modelo que, passados mais de 30 anos sobre o seu lançamento, aí continua para as curvas: o roadster MX-5.

Atualmente naquela que é “apenas” a sua quarta geração, o Mazda MX-5 continua, assim, a somar unidades. Isto, depois de ter sido apresentado, pela primeira vez e numa geração que tinha o nome de código de ‘NA’, no Salão Automóvel de Chicago de 1989.

Então com o mercado dos roadsters de dois lugares a atravessar uma fase particularmente moribunda, a Mazda demonstrou, então e contra a corrente, que as coisas não tinham de ser bem assim. Nomeadamente, lançando um modelo que é, hoje em dia, já uma espécie de case-study.

O MX-5 que assinalou os 30 anos de existência deste roadster
O MX-5 que assinalou os 30 anos de existência deste roadster

Entretanto e ao longo destes 32 anos e um total de 1.150.352 unidades já produzidas, todas elas saídas da fábrica de Ujina, em Hiroshima, Japão, o Mazda MX-5 original, apresentado ainda no século passado, acabou dando lugar, em 1997, ao ‘NB’. Geração que, embora sendo aquela que mais se lhe aproxima, não conseguiu, pelo menos, igualar o enorme sucesso alcançado pelo irmão ‘NA’, com um total de 431.506 unidades fabricadas. E, isto, ao longo de nove anos (de 1989 a 1998) a marcar presença nos concessionários da marca japonesa.

LEIA TAMBÉM
Mazda MX-5. Edição especial de centenário já disponível em Portugal

Na verdade, o ‘NB’ acabou não indo além dos 290.123 exemplares, em sete anos de comercialização. Registo, ainda assim, melhor do que o alcançado pelo MX-5 ‘NC’, geração apresentada no Salão de Genebra de 2005 e que, ao longo de 11 anos de vida, somou um total de 231.632 unidades produzidas. Das quais fizeram parte não somente duas actualizações de relevância, como também a estreia da primeira versão de tejadilho rígido eléctrico, denominada Roadster Coupé.

A apresentação, em Chicago, EUA, do primeiro Mazda MX-5
A apresentação, em Chicago, EUA, do primeiro Mazda MX-5

Finalmente, já em setembro de 2014, a Mazda deu a conhecer a atual geração do MX-5, denominada ‘ND’, e que, além de ter dado continuidade ao popular formato soft-top, estreou, ainda, em Janeiro de 2017, uma nova variante: o MX-5 RF, sinónimo de Retractable Fastback, e que é a reinterpretação do formato de capota rígida eléctrica.

Alvo de diversos upgrades no conteúdo, as duas actuais versões culminam, agora, no Model Year 2021, lançado em Portugal no início do presente ano.

Mazda MX-5: as quatro gerações de um ícone
Mazda MX-5: as quatro gerações de um ícone, que, em conjunto, acabam de transpor mais uma importante fasquia

Entretanto e até ao momento, a geração ‘ND’ e as suas duas variantes, MX-5 e MX-5 RF, somam já, até ao último mês de maio, um total de 197.091 unidades produzidas.

A celebrar a transposição da fasquia das mais de 1,15 milhões de viaturas MX-5 produzidas em Hiroshima, a Mazda revela ainda que, destas, 1.135.957 são unidades já vendidas e entregues a clientes. Sendo que, as restantes, 14.395, são automóveis que, à data em que a marca assinalou o ultrapassar da referida fasquia, estavam em parques da unidade fabril, ou em trânsito, a bordo de supercargueiros, com destino aos mais variados mercados. Ou, ainda, já expostos nos stands da rede de concessionários da marca de Hiroshima, à espera dos futuros donos.