Mobieco

Publicidade

Com o Punto de regresso. Lancia, DS e Alfa Romeo serão 100% elétricas até 2027

Texto: Francisco Cruz
Data: 7 de Agosto, 2021

Conhecida as linhas mestras da estratégia de eletrificação do grupo Stellantis, o construtor revelou agora que, esta “transformação”, abarcará todas as marcas que o construtor pretende elevar a um estatuto premium – Lancia, DS Automobiles e Alfa Romeo. Isto, ao mesmo tempo que, na generalista Fiat, surge o anúncio de que, afinal, o Punto não morrerá.

As novas indicações, que confirmam um rumo já anunciado, foram dadas a conhecer durante uma conferência de imprensa para apresentação dos resultados de vendas do grupo, na primeira metade de 2021. Na qual a Stellantis, não só revelou a intenção de lançar um total de 20 modelos eletrificados nos próximos 24 meses – metade dos quais 100% elétricos, nove PHEVs e um modelo com as duas formas de propulsão -, como também explicitou a forma como a eletrificação será feita, nas suas agora marcas premium, Lancia, DS Automobiles e Alfa Romeo.

Segundo a Stellantis, a Lancia, marca cuja acção está, hoje em dia, limitada a um único modelo – Ypsilon – e a um único mercado – Itália -, tornar-se-á “100% eletrificada”, já a partir de 2024. Passando a oferecer, a partir daí uma gama composta por híbridos e EVs.

Lancia Ypsilon
Lancia Ypsilon

Já a francesa DS Automobiles, passará a oferecer, em exclusivo, modelos elétricos a bateria, a partir da mesma data. Com a particularidade de que isso será feito mantendo os modelos já existentes.

Finalmente e quanto à Alfa Romeo, a Stellantis avança estar a trabalhar numa estratégia para tornar o lendário construtor automóvel italiano, numa marca 100% elétrica, até 2027. Não apenas na Europa, mas também na América do Norte e na China.

LEIA TAMBÉM
Stellantis vai investir na estratégia de eletrificação das 14 marcas até 2025

Este esforço de afirmação será feito não apenas com o atual line-up de modelos e que é composto, apenas, pelo sedan Giulia e pelo SUV Stelvio, mas também com o contributos do crossover compacto Tonale, que a Alfa se prepara para lançar em 2022, e ainda com um crossover 100% elétrico. Este último, conhecido, pelo menos para já, como Brennero, e que deverá chegar lá mais a frente.

Fiat Punto de regresso?

No entanto e enquanto, nas chamadas marcas premium, é a eletrificação que concentra todas as atenções, já na generalista Fiat, a maior novidade tem a ver com aquele que foi, durante muitos anos, o modelo mais importante da marca: o Punto.

FIAT Punto
Fiat Punto

Segundo revela agora a Stellantis e ao contrário do que chegou a ser admitido pelos responsáveis da Fiat, que decidiram descontinuar o modelo em 2018, o Punto não morreu e vai mesmo voltar ao mercado, para lutar pela liderança do segmento B europeu.

O compacto italiano vai conhecer um sucessor directo, em princípio, ao longo de 2023, com a certeza, desde já, que utilizará uma “plataforma comum”, como forma de atenuar custos e acelerar o seu desenvolvimento.

Levante ainda para este ano

Relativamente à Maserati, os dados agora revelados avançam que a marca do tridente pretende realizar a apresentação oficial do seu próximo crossover, o Grecale, ainda durante o último trimestre deste ano.

Maserati Grecale
Maserati Grecale

Stellantis passa de prejuízos a lucros

Finalmente e quanto aos resultados financeiros agora apresentados, boas notícias para o grupo franco-ítalo-americano, que, na primeira metade de 2021, conseguiu praticamente quadruplicar as vendas face ao mesmo período de 2020, para os 72.610 milhões de euros.

Com este resultado, a Stellantis registou lucros de 5.936 milhões de euros, contrariando, assim, as perdas de 813 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2020.