Mobieco

Publicidade

Honda e Nissan associam-se para fazerem elétricos mais acessíveis

Texto: Carlos Moura
Data: 19 de Março, 2024

A Honda e a Nissan querem produzir veículos elétricos mais acessíveis para enfrentarem a concorrência da Tesla e dos chineses, tendo assinado um memorando de entendimento que prevê a partilha de tecnologia e componentes, sendo o objetivo a diminuição dos custos de produção.   

A Honda e a Nissan assinaram um memorando de entendimento com o objetivo de estabelecerem sinergias no desenvolvimento de veículos elétricos e recuperarem o terreno perdido para a Tesla e para os novos concorrentes chineses.

No âmbito deste acordo, a Nisan e a Honda vão cooperar na área dos veículos elétricos e explorar a utilização de componentes comuns e também pretendem fazer compras em conjunto, naquela que é uma estratégia para baixar custos.

O CEO da Nissan Makoto Uchida e o CEO da Honda Toshihiro Mibe anunciaram uma parceria para a partilha de tecnologias e componentes os futuros veículos elétricos das suas marcas

A Nissan e a Honda pretendem partilhar eixos elétricos e outros importantes componentes para veículos elétricos, designadamente tecnologias de baterias e plataformas de software.  

O anúncio da parceria surge numa altura em que as marcas japonesas estão a repensar o desenvolvimento de veículos elétricos e a sua produção, depois de terem perdido terreno para os fabricantes chineses e norte-americanos. A associação com outros fabricantes é considerada estratégica para a obtenção de escala e a partilha de investimentos.

LEIA TAMBÉM
CES 2024. Honda apresenta o Saloon que iniciará a Série 0 dos elétricos da marca

As sinergias podem aplicadas nos cerca de 7,65 milhões de veículos vendidos anualmente pelos dois fabricantes, mas a Nissan e a Honda consideram ser prematuro avançar com valores relativos à redução de custos e aos objetivos de produção.