Mobieco

Híbridos Toyota perto de marca histórica na Europa

Texto: Nuno Fatela
Data: 12 Janeiro, 2019

Ficou muito perto de ser superada a barreira do meio milhão de híbridos vendidos em apenas um ano pelo Grupo Toyota na Europa, confirmando que esta foi uma aposta certeira do fabricante nipónico

Já vão longe os tempos em que, no ano de 1997, a Toyota surpreendeu o mundo ao anunciar que iria produzir em massa um automóvel híbrido. Desde que essa aposta arrancou com o Prius, muito mudou no sector automóvel. Com a crise económica e os escândalos do Diesel, entre outros motivos, os condutores cada vez têm maior preocupação com o ambiente e os gastos com combustível dos automóveis. E essa mudança de mentalidade fica agora demonstrada pelos registos de venda do fabricante nipónico na Europa.

 

Em 2018 o Grupo Toyota ficou pela primeira vez muito perto de superar a barreira do meio milhão de híbridos comercializados na Europa. Com as vendas da Lexus e Toyota a crescerem 3% em comparação ao ano anterior, para um total de 1.035.400 veículos no ‘Velho Continente’, quase metade ficou a cargo destas motorizações alternativas. Foram 480.800 híbridos comercializados pelo Grupo Toyota, o que significa um crescimento bem mais acentuado do que nas vendas da marca, situado em 18%.

Para este resultado muito contribui um ‘mix’ de propostas bem alargado, onde se destaca a chegada no crossover urbano C-HR. Este foi mesmo o segundo híbrido mais vendido pela marca na Europa, com 128.139 unidades adquiridas, performance superada por ligeira margem pelo Yaris Hybrid, o best-seller da marca na Europa com 129.286 veículos saídos dos concessionários. A preferência dos clientes da marca pelos híbridos acaba por ficar clara ao verificar-se que, dos modelos com propostas híbridas na gama, apenas no Camry elas não superam as vendas dos modelos apenas com motor de combustão.

 

No caso da Lexus este domínio é ainda mais expressivo. Dos 76.188 automóveis vendidos pela marca premium, 59,9% foram híbridos. O best-seller da marca foi o NX, com 29.508 viaturas transacionadas. Destas, 20.644 eram da motorização híbrida.

Partilhar