Publicidade

Já descobrimos o novo Toyota C-HR

Texto: Ricardo Machado
Data: 24 de Novembro, 2016

Depois da passagem discreta do Urban Cruiser pelo mercado europeu, a Toyota está de regresso aos Crossovers com o C-HR. Linhas exteriores futuristas e um interior tão sofisticado como espaçoso definem o C-HR, já em Portugal desde os 23 650€.

Somando décadas de experiência no todo o terreno à liderança na produção e desenvolvimento de motorizações híbridas, a Toyota acaba de lançar o primeiro crossover híbrido de produção em grande escala. Assenta sobre a plataforma do Prius, mas é redutor dizer que se trata de uma proposta com aspirações TT. É um modelo com identidade e estilo muito próprios, desenhado especificamente para o mercado europeu. As linhas arrojadas do exterior escondem um habitáculo arrojado, onde materiais de diferentes origens e texturas se combinam de forma harmoniosa. O espaço é generoso para quatro ocupantes, sem que a linha descendente do tejadilho – C-HR significa Coupé-High Ride – chegue a despentear os passageiros traseiros. Embora o túnel central praticamente não interfira, o lugar do meio serve apenas para emergências. Atrás a capacidade da bagageira fica-se pelos 377 litros.

Para além do módulo híbrido conhecido do Prius, com 122 CV e a possibilidade de percorrer curtas distâncias em modo elétrico, o C-HR está disponível com a motorização 1.2 Turbo a gasolina com 116 CV. Apesar deste ser o melhor preço, desde os 23 650€, a Toyota aponta para que 90% das vendas circule com a motorização híbrida, disponível desde os 28 350€. Para saber mais, basta comprar a Turbo de janeiro ou passar num concessionário Toyota, onde o C-HR está à venda desde 17 de novembro.