Governo francês adia fusão Renault-Fiat

Texto: Nuno Fatela
Data: 6 Junho, 2019

Decorreu ontem a reunião onde foi analisada a proposta de fusão da Fiat-Chrysler à Renault, mas a decisão final foi adiada por pedido do executivo gaulês

Esperava-se que pudesse ontem surgir “fumo branco” da reunião do Conselho de Administração da Renault onde seria analisada a proposta de fusão da FCA, mas afinal não existe ainda uma decisão. A informação foi confirmada numa curta declaração do fabricante gaulês, onde surge explicado o motivo para que a resposta à proposta fique para mais tarde.

 

O responsável pelo adiamento foi o governo gaulês, como se pode ler no comunicado à imprensa da marca. Muito parca em palavras, a marca apenas indica que se reuniu sobre a liderança do CEO Jean-Dominique Senard e que “o Conselho de Administração foi incapaz de chegar a uma decisão devido a um pedido expresso dos representantes do governo francês para adiar a votação para uma reunião posterior”. Portanto, a possível fusão entre Renault e Fiat fica ’em banho maria’ à espera que o executivo liderado por Emanuel Macron escolha a posição a tomar.

 

Veja também:

Os trunfos da Fiat para convencer a Renault a aceitar a proposta de fusão
Vídeo: Com o Renault Mégane RS no Estoril e Pedro Couceiro ao volante
Descubra o Dacia Duster 4X4 neste vídeo…
Conduzimos o 500X com os novos motores – Primeiro Contacto Fiat 500X