Publicidade

ALF. Financiamento especializado teve novo máximo histórico em 2023

Texto: Carlos Moura
Data: 17 de Maio, 2024

O financiamento especializado apoiou a economia portuguesa com 48 mil milhões de euros em 2023, atingindo um novo máximo histórico. Relativamente ao ano de 2022 registou-se um crescimento de 5,9%. Produção de renting superou mil milhões de euros com forte crescimento de 37% nas viaturas contratadas.  

O financiamento especializado alcançou um máximo histórico em 2023 com apoio de 48 mil milhões de euros à economia portuguesa, segundo revelam as estatísticas da Associação Portuguesa de Leasing, Factoring e Renting (ALF). Aquele valor total é equivalente a cerca de 20% do PIB português em 2023. Relativamente ao ano de 2022 registou-se um crescimento de 5,9%, isto é, quase 2,7 mil milhões de euros.

Os três setores representados pela ALF encerraram o ano de 2023 com ganhos, desde o 5% do valor de créditos tomados do Factoring aos expressivos 53% do valor das viaturas novas contratadas em Renting, passando ainda pelos 8,5% do reforço do valor dos investimentos em Leasing. 

“O ano 2023 desafiou todas as previsões, conjugando um segundo conflito com impacto na Europa, a incerteza na política monetária do Banco Central Europeu, e, em Portugal, a queda de um Governo com maioria e convocação de eleições antecipadas”, comenta Luís Augusto, presidente da ALF. 

“Apesar de tudo, o financiamento especializado revelou um crescimento robusto, contribuindo para o crescimento da economia portuguesa. Os dados de 2023 contrariam eventuais visões pessimistas e as projeções da ALF para 2024, o ano do nosso 40.º aniversário, reforçam o papel do financiamento especializado no apoio à formação do PIB,” sublinha o presidente da ALF.

Renting consolida posição

O Renting continua a consolidar a sua posição enquanto solução para gestão de frotas e também de particulares, tendo colocado 36 mil viaturas novas em circulação, num valor que ultrapassou os mil milhões de euros e um crescimento de 53% face aos 667 milhões de euros de contratos novos em 2022. 

A ALF sublinha que aquela subida também resulta do crescimento do valor médio por viatura, impulsionado pela crescente contratação de veículos eletrificados, e pela inflação verificada no setor automóvel.

A frota contratada através de Renting que atualmente se encontra em circulação alcança os 2,48 mil milhões de euros em valor, um crescimento de 18% face a 2022. Em número de viaturas, são agora 133 748 unidades ligeiras a circular nas estradas portuguesas, das quais mais de 80% da categoria de passageiros.

LEIA TAMBÉM
ALF registou 700 mil milhões de euros de financiamentos em 40 anos

O leasing mobiliário, por sua vez, registou uma subida de 20,5%, tendo alcançado uma produção de 1,87 mil milhões de euros. 

As viaturas contribuem com a maior parte deste valor, com 24 533 viaturas ligeiras, para um valor de 777 milhões de euros, e 5 520 pesadas, no valor de 491 milhões de euros. As viaturas têm um peso de 68% do volume do leasing mobiliário, enquanto os equipamentos atingiram os 602 milhões de euros. 

Esta evolução do leasing mobiliário compensou o decréscimo de 14,7% na locação financeira imobiliária, que totalizou 686 milhões de euros.