Daimler já testa serviço de táxi autónomo

Texto: Filipe Bragança
Data: 2 Dezembro, 2019

O famoso ‘Silicone Valley’ foi o local escolhido para desenvlver o projecto piloto, nascido da parceria entre a Mercedes e a Bosch.

A aposta nas novas tecnologias de condução por parte da Daimler, não é novidade. Por isso, não é de estanhar, que depois de terem anunciado um serviço de ‘valet’ autónomo, na garagem do Museu Mercedes, que os técnicos da Daimler quisessem colocar a sua perícia à prova no mundo real. E como já era expectável, foi a Califórnia que abriu os braços aos Mercedes Classe S autónomos, que realizam um serviço de Táxi na cidade de San Jose.

Apesar do CEO da Mercedes, Ola Kallenius, ter admitido que o investimento nas tecnologias de condução autónoma seria “mais moderado”, está previsto que estes testes se prolonguem por largos meses. Ainda que este projecto seja baseado num serviço de táxi, o foco é “aplicar as tecnologias autónomas ao transporte e pessoas e mercadorias de longo curso” – disse no mês passado, numa conferência em Londres.

A frota com cerca de 30 Mercedes Classe S estão equipados com os mais recentes sensores laser, mas ainda assim, têm a todo o instante um condutor pronto a assumir o controlo da viatura caso se verifique alguma anomalia.