Mobieco

Publicidade

Com chassis impresso em 3D. Project Arrow EV é o elétrico nascido no Canadá

Texto: Francisco Cruz
Data: 23 de Janeiro, 2023

Três anos depois do anúncio da pretensão de criar uma nova marca de veículos elétricos canadiana, a Associação de Fabricantes de Componentes Automóveis do Canadá acaba de dar a conhecer o primeiro concept decorrente desta ambição, denominado Project Arrow EV. O qual, entre outras inovações, parte de um chassis fabricado em 3D!

Descrito como um protótipo totalmente funcional, foi o próprio director da Associação de Fabricantes de Componentes Automóveis do Canadá, ou APMA, Flavio Volpe, a destacar, desde logo, o facto do Project Arrow EV ter sido construído com 97 por cento de componentes fabricados no Canadá, além de, dentro daqueles que eram os prazos pré-definidos.

Ainda segundo o mesmo responsável, o concept apresentado, pela primeira vez, no último CES, ficou, inclusivamente, abaixo do orçamento inicialmente previsto, algo que, diga-se, não deixa de ser um bom indicador.

De resto e também a explicar este feito, não apenas o facto do veículo nas fotos ter sido desenhado no Canadá e, mais concretamente, por quatro estudantes da Universidade de Design Industrial de Carleton e produzido no departamento de Engenharia da Universidade de Tecnologia de Ontário. Recorrendo, para tal, a cerca de 60 fornecedores, incluindo do sector mineiro, com vista à produção das baterias.

LEIA TAMBÉM
CES 2023. Qualcomm mostra o automóvel do futuro definido pelo software

Quanto ao financiamento, teve origem não apenas no Governo Federal do Canadá, como também em vários executivos provinciais, que, em conjunto, terão reunido, segundo avança o site Driving, qualquer coisa como 8,2 milhões de dólares, pouco mais de 7,5 milhões de euros.

Elétrico com 558 cv e 500 km de autonomia

Entrando nos aspectos técnicos, a APMA revela este crossover elétrico conta com um trem de força 100% eléctrico, , apoiado por uma bateria de iões de lítio de 82,5 kWh, capaz de garantir autonomias na ordem dos 500 quilómetros. Neste caso, também graças ao contributo de um painel solar instalado no tejadilho.

Equipado com uma configuração de dois motores, um em cada eixo, como forma de garantir tracção integral permanente, este sistema de propulsão anuncia, ainda, uma potência combinada de 558 cv, capaz de assegurar uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 3,5 segundos.

A APMA anunciou, igualmente, que o Project Arrow EV contará com sistema de condução autónoma de Nível 3, a par de um cockpit inteligente e tecnologia de ciber-segurança.

Com chassis fabricado numa impressora 3D

Assumindo não ter, neste momento, quaisquer planos para avançar para a produção deste Project Arrow EV, preferindo encará-lo, nesta fase, como uma demonstração das capacidades da indústria canadiana, no fabrico de veículos elétricos, a APMA destaca, ainda, o facto de, até mesmo o chassis que serve de base a este crossover EV, ter sido concebido e produzido no Canadá.

O chassis foi elaborado pela Xaba, uma start-up de software, engenharia e robótica, com sede em Toronto. A qual, recorrendo a materiais compósitos, fabricados a partir de Meta Materiais, desenvolvidos em Dartmouth, fabricou este componente, com recurso a uma revolucionária impressora inteligente, em 3D.

Ainda sobre este protótipo, a APMA afirma que foi projectado para corresponder aos regulamentos de segurança em vigor no Canadá, através da utilização de peças já homologadas para comercialização. Pelo que, os próximos passos, passam pela presença de concept nos próximos salões de Detroit, Los Angeles, Toronto e Montreal, já em 2023, assim como em várias exposições de tecnologia, como forma de dar a conhecer as soluções que encerra.