Publicidade

Sem perder o Diesel! BMW Série 2 renova-se à imagem do mercado

Texto: Carlos Moura
Data: 14 de Junho, 2024

O BMW Série 2 recebeu uma ligeira atualização no design exterior e uma revisão mais profunda no interior, destacando-se a introdução da mais recente versão do sistema de informação e comunicação da marca alemã, que já inclui o novo sistema operativo BMW OS 8.5. E, tudo isto, sem perder o Diesel!  

Modelo único no segmento dos compactos, graças à combinação de linhas desportivas, dinâmica apurada e habitáculo com ambiente premium, o BMW Série 2 acaba de receber uma atualização para continuar a consolidar a sua posição face à concorrência.

Exteriormente, o novo BMW Série 2 apresenta faróis redondos individuais, a grelha horizontal típica da marca, nervuras ao longo do capot, superfícies laterais esculpidas aerodinamicamente, grandes cavas das rodas, uma tampa da bagageira pequena.

Todas as versões do novo BMW Série 2 vêm equipadas com o pacote M Sport, que incluem tomadas de ar maiores na dianteira, saias laterais, um spoiler traseiro com refletores verticais, difusor traseiro e jantes de liga leve de 18”.

O BMW M240i xDrive Coupé recebeu um tratamento exterior especial para otimizar a entrada de ar e o equilíbrio aerodinâmico, destacando-se as aberturas em preto brilhante nas tomadas de ar laterais, um spoiler preto à frente, um spoiler traseiro específico e saídas de escape trapezoidais, localizados na esquerda e na direita do pára-choques traseiro. A capas do espelhos retrovisores BMW M têm agora acabamento em preto brilhante.

Menos comandos físicos

O habitáculo passa a oferecer um maior nível de digitalização, o que se deve à introdução do BMW Curved Display, que consiste num painel de instrumentos de 12,3” e um ecrã de 14,9” para o sistema de informação e comunicação, onde corre agora o sistema operativo 8.5 da BMW. Os utilizadores têm à disposição um novo grafismo no ecrã, uma estrutura de menus mais intuitiva e um sistema de navegação melhorado. 

A BMW refere ainda que diminuiu o número de botões e controlos físicos no painel de bordo, o qual recebe novas saídas para a ventilação, assim como efeito luminoso à sugerir uma queda de água.

O BMW Série 2 vem equipado de série com um novo volante M em pele, o qual é cortado na parte inferior. Os raios foram modificados e a parte central apresenta uma lista vermelha.

Diesel continua

No capítulo mecânico, o BMW Série 2 conta com cinco motorizações, incluindo quatro de quatro cilindros de 2,0 litros – três a gasolina e uma diesel – e uma de seis cilindros em linha de 3,0 litros.

A versão de acesso à gama está a cargo do 218i Coupé, que oferece uma potência de 156 cv e permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em 8,7 segundos. Segue-se o 220i Coupé, que vê a potência aumentar para os 184 cv e a aceleração dos 0 aos 100 km/h baixar para os 7,5 segundos. A terceira motorização de quatro cilindros a gasolina está presente no 230i Coupé, a qual disponibiliza uma potência máxima de 245 cv e permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em 5,9 segundos.

LEIA TAMBÉM
Com a maré a mudar. BMW deixa aviso aos fãs das caixas manuais

A BMW mantém a oferta de uma motorização diesel no Série 2, com tecnologia híbrida suave de 48V (mild hybrid) que desenvolve uma potência de 190 cv e permite ao 220d Coupé acelerar dos 0 aos 100 km/h em 6,9 segundos.

A versão mais potente do BMW Série 2 “normal” é a M240i xDrive Coupé, cuja motorização a gasolina de 3,0 litros oferece uma potência de 374 cv, distribuída pelas quatro rodas através de um sistema de tração integral, sendo possível ir dos 0 aos 100 km/h em 4,3 segundos.

Caixa Steptronic

Todas as motorizações estão associadas a uma transmissão automática de oito velocidades Steptronic. O M240i xDrive Coupé, BMW 230i Coupé, 220i Coupé e 220d Coupé vêm, equipados de série, com a versão Steptronic Sport daquela transmissão, que proporciona uma dinâmica de condução mais apurada, graças a relações mais curtas, e a patilhas atrás do volante. Esta transmissão Sport é opção no 218i Coupé.