Mobieco

Porsche Taycan comprova autonomia… e performances

Texto: Nuno Fatela
Data: 20 Agosto, 2019

O futuro desportivo elétrico da Porsche conseguiu completar quase 3500km em 24 horas. E sempre a alta velocidade!

A Porsche prometeu revolucionar o mundo dos elétricos com o Taycan. E, pelo que se vai sabendo do modelo, esta promessa pode muito bem concretizar-se. A mais recente demonstração foi dada no Circuito de Nardo, em Itália, onde decorreram as provas de resistência ao Taycan.

Sob o calor do Verão transalpino, o modelo conseguiu cumprir 3425km em 24 horas. As únicas paragens foram para as cargas ultrarápidas e as trocas entre os seis pilotos presentes em Nardo. O destaque principal vai mesmo para a capacidade de carga. Afinal, o sistema elétrico de 800 volts permite receber potências de carregamento até agora impossíveis de usar. E, ao reduzir o tempo de carga, aumenta-se a autonomia para 3425km em 24 horas…

Sempre a fundo…

Sem pensa que o Taycan fez isto “a pisar ovos”, pode mudar de ideia. Afinal, a velocidade de condução esteve sempre num intervalo entre 195 km/h e 215 km/h.

Além desta prova, a marca também efetuou outros testes para verificar a resistência deste grupo motriz. E, num curto espaço de tempo, efetuou 26 acelerações 0-200km/h. Algo que demonstrou o comportamento estável do Porsche Taycan. Afinal, o tempo da aceleração foi sempre inferior a 10 segundos. E com o melhor e pior registo separados por oito décimos.

Para terminar, nada como comparar este último dado com as especificações do novo 911. Mesmo que o melhor tempo do Taycan para os 0-200km/h fique nos 9,1 segundos, isso equipara-o à nova geração do icónico desportivo germânico. Não são conhecidos dados para esta aceleração, mas o novo 911 Turbo S de 450cv demora 8,1 segundos a ir dos 0 aos 160 km/h. Portanto, o Taycan promete não ficar nada atrás…

Veja também:

Walter Rohrl não gosta de elétricos, mas rende-se ao Porsche Taycan

Este é o novo Porsche 911

Interiores do Porsche Taycan revelados

Novo Porsche 911 Carrera – Preços revelados

Porsche Taycan já rendeu 50 M€ … e ainda nem estreou