Publicidade

Audi PHEV: Elétricos sem compromisso

Texto: Ricardo Machado
Data: 11 de Setembro, 2020

Automóveis híbridos com bateria recarregável (PHEV). Para a Audi PHEV é mais do que um passo entre os motores a combustão e as máquinas elétricas. Uma opção consciente de quem passa a maior parte tempo ao volante entre a casa e o trabalho.

Se o futuro é elétrico, o presente é híbrido. Pelo menos para a Audi, que encontra nesta tecnologia a solução para a maioria das deslocações quotidianas. O condutor europeu tipo, que não percorre mais de 60 km por dia, encaixa perfeitamente no conceito Audi PHEV.

A7 Sportback 55 TFSI e com tecnologia Audi PHEV

Combinando motores elétricos de até 105 kW, com baterias de 14,1 ou 17,3 kWh e blocos térmicos de quatro cilindros em linha ou V6, os Audi PHEV garantem até 59 km de autonomia EV. O prazer da condução em modo elétrico, livre de ruídos ou vibrações indesejáveis, torna-se assim acessível ao condutor comum.

Incentivo fiscal

E ainda há o incentivo fiscal. Uma realidade que o construtor dos quatro anéis reconhece, mas não valoriza muito, por preferir ver o “copo meio cheio”. A consciência ambiental do cliente fala mais alto que a carteira. Cenário onde os Audi PHEV circulam maioritariamente alimentados por energia elétrica, que em Portugal é obtida a partir de fontes renováveis.

Dependendo dos modelos e da fonte de alimentação, o carregador interno de 7,4 kW permite repor o nível da bateria em duas horas e meia. Para minimizar o impacto da transformação de um veículo com motor de combustão num Audi PHEV, a bateria é arrumada sob o piso da mala. No caso do Audi A6 Avant há uma perda de 160 litros, correspondente ao espaço sob o fundo falso.

Já disponível para as gamas Q5, A6 Sedan e Q7, a tecnologia Audi PHEV vai chegar ao A7 Sportback já em outubro. A8 e A6 Avant devem chegar até ao final de 2020. Todos os modelos Audi PHEV alojam o motor elétrico dentro da caixa automática e utilizam o sistema de tração integral quattro, para ajudar a colocar no chão o binário instantâneo do motor elétrico.

A3 chega antes do final do ano

A exceção a esta regra vai ser feita pelo A3. O primeiro modelo compacto Audi PHEV deve chegar até ao final do ano, com versões de tração dianteira ou integral.

Para o Futuro a Audi espera aumentar a autonomia, sem perder a funcionalidade. Logo, vai ser a densidade energética das baterias a aumentar. Dependendo do modelo, a Audi aponta para autonomias na ordem dos 80 km. E claro, não vai faltar um Audi RS PHEV. Mas sobre esse, o construtor alemão não revela mais do que a confirmação da produção.