Publicidade

Batizado de Rambo. Aston Martin prepara rival para Classe G

Texto: Francisco Cruz
Data: 16 de Maio, 2024

Motivada, certamente, pelo sucesso alcançado com o DBX, a Aston Martin prepara agora um outro SUV, mas de ambições mais extremadas, que a marca britânica espera poder rivalizar com a referência Mercedes-Benz Classe G. O nome dado ao projecto não poderia, de resto, ser mais sugestivo: Rambo.

A notícia é avançada pela também britânica Autocar, acrescentando que, a escolha do nome, deriva, não da personagem popularizada por Sylvester Stallone no cinema, mas como homenagem a um modelo que, não tendo figurado nas fileiras da Aston Martin, marcou a sua época: o Lamborghini LM002 ‘Rambo Lambo’.

Para já numa fase de análise das propostas de design, mas também de custos, o “Projecto Rambo” poderá tornar-se, não um modelo permanente na oferta da Aston Martin, como, por exemplo, o DBX, mas uma edição especial e exclusiva. Com os rumores a referirem, inclusivamente, uma produção que não deverá ultrapassar os 2.500 exemplares.

Motivada pelo sucesso alcançado com o DBX, a Aston Martin prepara-se agora para subir mais um degrau...
Motivada pelo sucesso alcançado com o DBX, a Aston Martin prepara-se agora para subir mais um degrau…

Quanto ao posicionamento, a marca de Gaydon pensa no ‘Rambo’ como uma proposta capaz de agradar ao mesmo tipo de clientes do Mercedes-Benz Classe G. Disputa que, a acontecer, não deixaria de revelar uma certa ironia, uma vez que a Aston Martin pretenderá utilizar um motor Mercedes neste seu 4×4.

De resto, na mira da Aston Martin, estará o mesmo V8 4.0 biturbo que equipa o DBX, mas naquela que é a versão híbrida que impulsiona o rival Mercedes-AMG G63. E que, debitando 585 cv de potência e 850 Nm de binário, permite ao ‘Geländewagen’ cumprir os 0-100 km/h em 4,2 segundos.

LEIA TAMBÉM
Aston Martin DBX 707 ganha novo interior e torna-se ainda mais exclusivo

No entanto e face ao tipo de procura que tem vindo a registar no DBX, em que a versão mais desportiva 707 é também a mais procurada (aliás, a versão de entrada até já foi descontinuada…), o mais certo é que os responsáveis da Aston Martin pensem, para o ‘Rambo’, na “cereja no topo do bolo” dos motores Mercedes-AMG – o V8 que impulsiona o AMG GT 63 S E Performance. E que, com os seus 816 cv e 1.419 Nm de binário, fariam do TT britânico o todo-o-terreno mais potente do mundo.

Único senão: nada garante, para já, que a a Mercedes esteja disponível para ceder, a uma marca rival, aquela que é, por estes dias, a sua motorização mais potente e um factor de clara superioridade.

Referência entre os verdadeiros todo-o-terreno de luxo, o Classe G pode vir a ganhar um rival britânico... de coração alemão
Referência entre os verdadeiros todo-o-terreno de luxo, o Classe G pode vir a ganhar um rival britânico… de coração alemão

Finalmente e no que diz a preços, as expectativas são de que a versão de produção do “Projecto Rambo” possa a posicionar-se acima do DBX707 e, como tal, com um preço acima dos 320 mil euros do “irmão”. Até como forma de acentuar o factor exclusividade…