Airbags de joelhos são inúteis, afirma estudo

Texto: Nuno Fatela
Data: 20 Agosto, 2019

Segundo uma investigação realizada em solo americano, os airbags de joelhos são inúteis pois não aumentam a segurança dos passageiros. Pelo contrário, até podem aumentar o perigo de lesões ao nível das pernas

Habitualmente acredita-se que mais airbags significam mais segurança. Mas, como demonstra um estudo realizado nos Estados Unidos, pela IHHS (a entidade rodoviária local) por vezes menos pode ser mais. Especificando, isto ocorre quando se trata dos airbags dos joelhos e parte inferior das pernas.

A base para esta conclusão está na análise a 400 acidentes ocorridos em 14 estados americanos. Foram comparadas as consequências de impactos frontais em viaturas que dispunham deste equipamento de proteção, em comparação com os restantes. E a conclusão foi de que os airbags de joelhos são inúteis.

Os dados foram depois corroborados com testes em crash-dummies. E chegou-se à conclusão que a introdução deste componente apenas reduz o perigo de lesão de 7,9% para 7,4%. Além disso, é referido que eles aumentam o perigo de lesões ao nível da parte inferior das pernas, apenas minimizando possíveis danos ao nível da cabeça dos passageiros.

É mesmo referido que existem “outras opções que podem ser tão eficazes, ou até mais eficazes. Um dos exemplos apontados passa por redesenhar os tablier, aumentando o espaço existente para as pernas.

Surge então uma das hipóteses para que os fabricantes equipem estes sistemas. Segundo o estudo, é possível que eles sirvam para os testes da IHHS destinados a passageiros que não usem o cinto de segurança. O que nos leva a recordar mais uma vez. Use sempre o cinto de segurança. Mesmo que o carro tenha airbags de joelhos, não vale a pena o risco…

Veja também:

Hyundai anuncia primeiro airbag multicolisão

Parlamento Europeu aprova medidas obrigatórias de assistência ao condutor

Airbags externos comprovam eficácia

Mitos sobre a velocidade: Saiba as respostas

Fonte: Automotive News e CarSCoops