Publicidade

Nona geração do Volkswagen Passat prevista para 2023

Texto: Carlos Moura
Data: 25 de Agosto, 2020

A Volkswagen decidiu avançar com a nona geração do modelo Passat, que deverá começar a ser produzido em 2023, na mesma fábrica onde é construído o Skoda Superb.

A administração da Volkswagen deu luz verde para o desenvolvimento definitivo da nona geração do Passat. Isto após mais de um ano de debate interno acerca do futuro do modelo de segmento D da marca germânica.

A decisão surgiu na sequência de declarações do presidente do Volkswagen Group Herbert Diess, que expressou dúvidas acerca da substituição do Passat.

Ele citou a crescente popularidade do modelo Arteon, que tem dimensões similares, assim como os planos para a produção do elétrico ID Vizzion, a partir de 2023.

O protótipo daquele modelo recebeu excelentes críticas, quer na carroçaria de berlina, quer de carrinha. Segundo Herbert Diess, aquelas seriam algumas razões para descontinuar de um modelo, que viu surgir a mais recente geração em 2015.

Plataforma partilhada com Skoda Superb, mas não só…

A nova geração do Passat deverá ser lançada em 2023 e vai partilhar a plataforma, as motorizações e a arquitetura elétrica com o Skoda Superb, estando prevista a produção na fábrica da marca checa.

Isto significará o fim da produção do Passat na fábrica da Volkswagen de Emden, após mais de 36 anos. Esta unidade deverá ser convertida para a produção do SUV elétrico ID.4, a partier de 2022.

LEIA TAMBÉM
Volkswagen ID Vizzion mostra o caminho para o futuro

A decisão de avançar com o Passat também irá suspender a estratégia da Volkswagen de disponibilizar duas versões diferentes do modelo de dimensões médias.

Atualmente, as variantes europeias utilizam a plataforma MQB, enquanto o Passat comercializado nos Estados Unidos e através de um canal de vendas na China continua a ser baseado na antiga plataforma PQ46, que remonta à sexta geração do modelo introduzida em 2005.

A partir de 2023, todos os Passat irão utilizar uma versão atualizada da plataforma MQB, disponibilizada no modelo atual, que permite receber variantes com tração dianteira ou integral.

Esta plataforma também deverá permitir acomodar um elevado número de híbridos ligeiros e plug-in a gasolina e híbridos diesel, mas também, uma cadeia de tração elétrica.

Berlina e carrinha

O estilo do novo modelo, com o nome de código interno B9, já estará concluído e deverá ter um caráter mais versátil, com espaço para acomodar bagagens.

Ainda não se sabe que a Volkswagen irá continuar a manter as linhas de uma berlina de quatro portas ou adotar o design liftback de cinco portas do Superb.

Todavia, é garantido que a versão carrinha continuará disponível e beneficiará de um aumento da distância entre-eixos e das vias para oferecer ainda mais espaço do que o modelo atual.

A gama deverá incluir ainda uma variante Passat Alltrack, com uma maior altura ao solo e elementos de estilo específicos.