Vídeo mostra a extravagante festa do ex-CEO Renault-Nissan

Texto: Nuno Fatela
Data: 17 Maio, 2019

No caso judicial que decorre contra o antigo líder da aliança franco-nipónica um dos objetivos da acusação é provar que o estilo de vida levado por Carlos Ghosn era extravagante e suportado pelas marcas. Haverá melhor forma de fazer isso do que com este vídeo de uma festa em Versalhes?

Um polémico vídeo de uma festa realizada em Versalhes, alegadamente organizada pelo antigo Diretor Executivo da Aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, está a fazer furor. E o motivo é a opulência registada nas câmaras, em que os empregados e animadores até surgem vestidos como se estivessem na época do Rei-Sol, Luís XIV (entre outros disfarces mais estranhos…). E, claro, não podia faltar o grand finale com as luzes e cores de um espetáculo de fogo de artifício.

O vídeo está a ser utilizado no processo contra Ghosn, procurando demonstrar que a sua gestão ficou marcada por gastos desnecessários e excessivos. Afinal, avança a Automotive News, só esta boda para 160 convidados terá custado 635.000€ à joint-venture que geria a Renault-Nissan.

Carlos Ghosn diz que a festa foi para celebrar quinze anos da Aliança. Mas a data, curiosamente, coincide com o seu 60º aniversário e o número de executivos das duas marcas que esteve presente a 6 de março de 2014 é reduzido. Detido no final do último ano (e desde então num verdadeiro entra e sai da cadeia…), o ex-CEO do grupo franco-nipónico está acusado, entre outras coisas, de pagar com dinheiro da empresa várias despesas pessoais. E se a acusação procurava provas de gastos desnecessários, talvez mais de meio-milhão de euros pagos por uma festa para 160 pessoas seja uma bom exemplo…

 

Fonte: Automotive News, CarScoops