Mobieco

Publicidade

A par de robotáxis e humanóides. Musk anuncia três modelos “especiais”

Texto: Francisco Cruz
Data: 17 de Junho, 2024

Com uma gama demasiado curta para aquele que o mercado automóvel mundial, a Tesla acaba de prometer três novos modelos, que, segundo Elon Musk, fundador da marca de elétricos, serão “algo de especial”.

Anunciados durante o Meeting anual da empresa, que teve lugar na última semana, estes três novos modelos estão, neste momento e segundo afirmou Elon Musk, em desenvolvimento. Razão pela qual o CEO da Tesla não quis avançar, para já, mais informações, a não ser que serão propostas “muito especiais”, noticia o site InsideEVs.

De resto, os três novos modelos foram mostrados, para já, lado-a-lado com a atual oferta da marca, mas ainda cobertos por lençóis brancos que pouco deixam antever. A não ser um pouco das formas exteriores, com um deles a fazer antever um veiculo mais alto e prolongado, enquanto os restantes parecem remeter para berlinas tipo coupé.

Um dos slides mostrados no Meeting anual da Tesla e divulgado pela InsideEVs
Um dos slides mostrados no Meeting anual da Tesla e divulgado pela InsideEVs

Recorde-se que a Tesla assumiu já estar a trabalhar numa espécie de robotáxi, um veículo de condução autónoma cuja apresentação foi, de resto, agendada para o próximo dia 8 de agosto.

Ao mesmo tempo, têm sido muitos os rumores sobre a possibilidade de lançamento de um ou mais modelos mais acessíveis, os quais poderão ver a luz o dia ainda no final de 2024 ou, o mais tardar, em 2025.

LEIA TAMBÉM
Retirada do radar. Elon Musk ignorou engenheiros da Tesla e… correu mal

Vale a pena também recordar que a marca norte-americana de veículos 100% elétrico apresenta, hoje em dia e segundo a generalidade dos analistas, uma gama já envelhecida, em que, tanto o Model 3, como o Model Y, as duas propostas mais recentes do construtor, começam a ter dificuldades para garantir o crescimento continuado da companhia.

A demonstrá-lo, o facto de, após anos de forte crescimento, as entregas da Tesla a clientes terem caído 8,5% no primeiro trimestre de 2024.

Robotáxis e humanóides foram tema favorito

Por outro lado, os mesmos analistas criticam aquilo que qualificam como o desinteresse crescente de Musk no negócio automóvel, preferindo direccionar a sua atenção para outras áreas, como os carros autónomos ou a robótica. Temas sobre os quais terá falado bem mais, neste Meeting anual, do que de carros elétricos mais convencionais.

O robô humanóide Generation 2 já apresentado pela Tesla
O robô humanóide Generation 2 já apresentado pela Tesla

Na sua intervenção, o multimilionário terá apontado novos caminhos, como a produção de robôs humanóides, com os quais a Tesla poderia conseguir, segundo o próprio, lucros de 1 trilião de dólares (isto, partindo da suposição de que haverá um robô humanóide para cada ser humano na Terra), ao mesmo tempo que defendia que, em conjunto com os robotáxis, todo este negócio poderá vir a valer, um dia, qualquer coisa como os 30 triliões de dólares.

No entanto, o problema, para já, é que a grande maioria dos investidores quis apostar nos automóveis da marca americana e não em outras áreas de negócios, além de não parecerem muito dispostos a esperar o tempo necessário para que Musk possa vir a ter razão…