Publicidade

Condução autónoma. Tesla duplica número de carros com acesso ao FSD Beta

Texto: Francisco Cruz
Data: 8 de Março, 2021

Depois de ter decidido disponibilizar uma versão Beta do seu futuro sistema de condução 100% autónoma, Full Self-Driving (FSD), em qualquer coisa como 1000 veículos, nos EUA, a enorme procura por uma destas unidades levou já a Tesla a decidir duplicar o número de automóveis equipados com a tecnologia.

Tudo começou em outubro último, quando a Tesla decidiu colocar à prova o seu  software de condução 100% autónoma, Full Self-Driving (FSD), disponibilizando-o num número limitado de veículos de clientes, para que estes servissem de cobaias no processo de identificação de problemas que tivessem ainda de ser resolvidos, antes da comercialização generalizada do sistema.

De resto e apesar do nome da tecnologia, para já apenas numa fase Beta, as recomendações da Tesla aos clientes que quiseram participar nesta espécie de ensaio, era para que, em momento algum, tirassem as mãos do volante.

Ainda assim e através do Twitter, o fundador e CEO da Tesla Inc., Elon Musk, veio agora anunciar que a companhia se prepara para, em conjunto com o lançamento da nova versão deste software, a qual levará a um aumento do Beta em 10 vezes, duplicar o número de veículos envolvidos nesta fase de desenvolvimento.

LEIA TAMBÉM
Para já numa versão Beta. Tesla disponibiliza condução 100% autónoma

No seu post, Musk acrescentou ainda, devido aos altos níveis de procura pelo sistema, a Tesla adicionará um botão ‘Download Beta’ no item Serviço que figura no ecrã táctil dos veículos, dentro de, aproximadamente, 10 dias.

“Ainda assim, tenha cuidado, embora esteja a amadurecer”, pode ler-se, ainda, no tweet de Musk, o qual explica que, a opção pela palavra Beta, tem como objectivo reduzir a complacência no uso e definir as expectativas de forma adequada”. Já que, garante, “todo o software é testado pela primeira vez por equipas de simulação da Tesla e de controlo de qualidade. ”

Musk também confirmou que a disponibilidade do Beta Full Self-Driving irá variar de acordo com a região onde os veículos Tesla forem comercializados, isto, devido a atrasos na aprovação regulatória e ao desenvolvimento e testes internos da Tesla.