Publicidade

Soma e segue: Honda Civic Type R novamente recordista

Texto: Miguel Policarpo
Data: 18 de Junho, 2018

Mais um recorde do Honda Civic Type R, com o modelo desportivo nipónico a dar sequência a uma senda imparável. Desta vez, a conquista teve lugar no famoso circuito de Spa-Francorchamps.

A Honda define o Civic Type R como um “compacto de cinco portas de alto rendimento” e a verdade é que desempenhos recordistas é com este modelo. O desportivo nipónico estabeleceu um novo recorde de automóveis com tração dianteira no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica, completando a volta ao percurso em 2.53.72. O “equilíbrio” deste automóvel foi essencial para que a Honda celebrasse esta marca, e, claro, as prestações do piloto Bertrand Baguette, anterior campeão do mundo da categoria LMP2 do WEC.

Sublinha a Honda que o circuito de Spa-Francorchamps é um dos mais longos da Europa, com 7.004km, desenhado por muitas retas e curvas. A marca considera que as prestações do motor VTEC Turbo de 2.0l, que equipa o Civic Type R, foram cruciais para que os japoneses estipulassem um novo recorde na Bélgica, mas não só. O apuramento aerodinâmico foi também decisivo, a que se junta o sistema de suspensão adaptativa, dispondo o modelo de argumentos para um ótimo desempenho em retas exigentes como a Eau Rouge e a Kemmel do circuito.

“Nos carros com tração dianteira, normalmente espera-se alguma subviragem, mas o equilíbrio deste automóvel é excelente. Oferece muita confiança desde o início porque o volante responte muito bem, especialmente no modo +R”, explica Bertrand Baguette. “O chassis é muito rígido, a traseira é muito estável e a dianteira oferece excelente controlo e aderência”, acrescentou o piloto, que mencionou ainda a importância do pacote aerodinâmico.

Leia também: Honda Civic Type-R recordista em Nurburgring

Este é o segundo recorde do Honda Civic Type R estabelecido à margem do programa Type R Challenge 2018, depois de Esteban Guerrieri, piloto de WTCR, ter deixado a sua maca no circuito do GP de Magny Cours, na França. Seguem-se mais desafios durante o verão.