Mobieco

Skoda Enyaq. Primeiro SUV 100% elétrico da Skoda já tem nome

Texto: Redação
Data: 12 Fevereiro, 2020

Enyaq. Eis o nome escolhido pela Skoda, para aquele que será o primeiro SUV 100% elétrico da sua história. E cujo desvendar deverá ter lugar ainda este ano.

Segundo produto, depois do Citigo-e iV, da futura submarca elétrica da Skoda, a iV, o Skoda Enyaq será, contudo, o primeiro SUV 100% elétrico do construtor checo.

Sendo já certo que terá como base a Plataforma Modular de Elétrica (MEB) do Grupo Volkswagen, este novo modelo irá ainda buscar a inspiração, em termos estéticos, ao concept Skoda Vision iV Concept, dado a conhecer no último Salão Automóvel de Genebra de 2019.

LEIA TAMBÉM
Ofensiva elétrica da Skoda assenta em três modelos

Nome de origem… irlandesa

Quanto ao nome escolhido, Enyaq, a Skoda revela que tem uma tripla explicação: começando pela palavra “Enya”, tem origem irlandesa e significa “fonte da vida”. Sendo que a letra “E”, é, também e neste caso, sinónimo de mobilidade elétrica. Já a letra “q”, faz parte de todos os nomes de modelos SUV do construtor checo.

Apresentado no último Salão Automóvel de Genebra, o Skoda Vision iV Concept deverá estar na base do futuro primeiro SUV 100% elétrico da marca checa
Apresentado no último Salão Automóvel de Genebra, o Skoda Vision iV Concept deverá estar na base do futuro primeiro SUV 100% elétrico da marca checa

Enya tem a sua origem numa outra palavra do gaélico irlandês, Eithne, e que significa ‘essência’, ‘espírito’ ou ainda ‘princípio’”, explica a Skoda em comunicado. Pelo que a sua escolha tem a ver, precisamente, com o facto deste novo modelo representar a entrada da marca na mobilidade elétrica.

Objectivo 2025

 Recorde-se que a Skoda assumiu já como objectivo, lançar, ao abrigo da sua nova submarca elétrica iV, mais de 10 propostas eletrificadas, até finais de 2022.

LEIA TAMBÉM
Skoda Superb iV híbrido plug-in chega em 2020

Ainda antes disso, tendo como data limite o final de 2021, a marca checa espera ter já investidos cerca de mil milhões de euros no desenvolvimento não apenas de vários novos modelos elétricos, como também na construção de um ecossistema holístico e interconectado, para soluções de mobilidade modernas e respeitadoras do Meio Ambiente.

Também no seguimento deste propósito, a Skoda espera que, em 2025, os veículos 100% elétricos e híbridos plug-in, representem já cerca de 25% das suas vendas.