Mobieco

Publicidade

Com chegada prevista já para junho. Rivian R1T e R1S divertem-se na neve

Texto: Redação
Data: 24 de Fevereiro, 2021

Rival directa e assumida da Tesla Cybertruck, a pickup 100% elétrica Rivian R1T continua a somar etapas de desenvolvimento. Depois de ter sido colocada à prova no deserto, a pickup juntou-se, agora, ao SUV R1S, para enfrentar as temperaturas negativas e a neve do Minnesotta. E, reconheça-se, não parecem ter-se saído nada mal!

Com a promessa já feita de entrega das primeiras unidades aos clientes, no próximo mês de junho, a startup tecnológica automóvel norte-americana Rivian acaba de partilhar um vídeo, da autoria do seu director-executivo RJ Scaringe, no qual, aquela que será o modelo  inaugural da marca, a pickup R1T, mostra, as suas aptidões, em superfícies e ambientes gelados.

Segundo o mesmo responsável, a experiência teve como objectivo último desenvolver não somente o controlo de tracção, como também o sistema de modos de condução virados para a diversão. Entre os quais está, diga-se, um promissor Drift Mode.

No vídeo agora divulgado, também se torna possível perceber a presença, no habitáculo, de um generoso sistema de infoentretenimento, com sistema de navegação, assim como de um painel de instrumentos totalmente digital.

LEIA TAMBÉM
Video da Rivian sublinha melhorias da pick-up elétrica R1T

Recorde-se que a pickup da Rivian será lançado com uma Edição Especial de Lançamento, com preços, nos EUA, a partir de 75 mil dólares, perto de 62 mil euros; isto, antes dos 7.500 dólares (6.179 euros, à taxa atual), de apoio federal americano.

Rivian R1S

Depois da R1T Launch Edition, seguir-se-á, em Agosto, a R1S Launch Edition, com um preço de 77.500 dólares (pouco mais de 63.800 euros). A que seguirão outras variantes, tanto da R1T, como da R1S, já no início de 2022.

Referir, ainda, que a R1T e a R1S partilham a mesma arquitectura, oferecendo, também por isso, performances muito semelhantes. Nomeadamente, com as versões de entrada a anunciarem 408 cv e 560 Nm de binário, enquanto a versão de autonomia maior, promete também 710 cv e 1.120 Nm.

Entretanto, garantida parece estar, igualmente, uma versão topo-de-gama com 764 cv de potência e um ainda mais impressionante binário de 1.118 Nm.