Publicidade

Com motores híbridos. Renault Arkana inicia comercialização na Europa

Texto: Carlos Moura
Data: 5 de Março, 2021

O SUV-Coupé Arkana da Renault vai começar a ser comercializado este mês na Europa será proposto apenas com motorizações híbridas. O primeiro SUV-Coupé da marca francesa também vai oferecer avançados sistemas de assistência à condução.  

A Renault vai iniciar este mês a comercialização do SUV-Coupé Arkana na Europa, cerca de dois anos após o lançamento deste modelo na Rússia. A variante europeia deste modelo utiliza a plataforma modular CMF-B, a mesma base do Captur e do Clio, enquanto o modelo vendido na Rússia é construído com base na plataforma B0+ do Dacia Duster.

O Renault Arkana “europeu” beneficia de uma estrutura otimizada e dispõe de bancos redesenhados, cintos de segurança com pré-tensores pirotécnicos e limitadores de esforço, garantindo o suporte ideal para os ocupantes. 

A Renault também é embaixadora da tecnologia Fix4sure, que garante uma retenção otimizada dos ocupantes e evita o efeito de “mergulho” (quando o corpo do ocupante tende a deslizar sob o cinto de segurança).

Com linhas esguias e perfil único e elevado, o novo Renault Arkana é também um SUV assumidamente familiar, espaçoso, confortável, com uma habitabilidade generosa e uma fácil instalação de assentos de criança nos lugares traseiros.

Motorizações híbridas

Para o mercado europeu, o Renault Arkana será proposto apenas com motorizações eletrificadas.

Uma das motorizações disponíveis, a partir do verão, será a E-TECH 145, que combina um motor a gasolina de 1,6 litros e dois motores elétricos – um de tipo HSG (High-Voltage Starter Generator) – e uma caixa de velocidades multimodo sem embraiagem.

Este propulsor desenvolve uma potência de 140 cv e, segundo a Renault, permite circular 80% do tempo em modo elétrico em ambiente urbano.

LEIA TAMBÉM
Renault. Novos Clio e Captur híbridos E-Tech já têm preços para Portugal

A marca francesa também disponibiliza motores a gasolina de 1,3 litros com sistemas micro-híbridos de 12V (TCe 140 e TCe 160), associados a uma transmissão de dupla embraiagem, um alternador-gerador e uma bateria de iões de lítio de 12V, localizada por baixo do banco do passageiro.

Assistência à condução

Em termos de sistemas de assistência, o Renault Arkana conta com a mais recente geração de auxiliares de condução, com destaque para o ADAS (Sistema Avançado de Assistência ao Condutor), a assistência à circulação em autoestrada e no trânsito, o reconhecimento de sinais de trânsito, o avisador de presença no ângulo-morto e o aviso à mudança de faixa de rodagem com assistência à manutenção na mesma, solução que garante uma condução mais serena e segura. 

Já a Assistência automática à Travagem de Emergência, que atua, por exemplo, na presença de peões ou ciclistas, alerta o condutor para situações potencialmente perigosas e pode iniciar o procedimento de travagem se o condutor não reagir atempadamente.

Outro importante vetor de segurança é o incremento da visão e visibilidade, garantidos pela câmara de 360º, pelos faróis dianteiros integralmente em LED propostos de série, pelo sensor de luz que ativa os faróis automaticamente e pelo retrovisor interior electrocromático que impede o encadeamento. 

O Renault Arkana para o mercado europeu vai ser fabricado em Busan, na Coreia do Sul, onde também é produzido o Samsung XM3.