Publicidade

Porsche Taycan Sport Turismo. Base de performance

Texto: Ricardo Machado / Fotografia: Vasco Estrelado
Data: 23 de Agosto, 2023

O Porsche Taycan Sport Turismo é o único modelo da gama a custar menos de 100 mil euros. No entanto, com 408 cv e 5,4 segundos no arranque até aos 100 km/h, está longe de ser uma versão base anunciar o preço “desde…”.

Para começar, o Porsche Taycan Sport Turismo ensaiado, mesmo com os opcionais resumidos ao mínimo indispensável, custava perto de 135 000 euros. Destaque para os extras típicos da Porsche como suspensão pneumática adaptativa PASM, pacote Sport Chrono e eixo traseiro direcional.

A eletrificação promete engrossar esta lista com duas opções de peso: bateria Performance Plus e carregador de bordo AC com 22 kW. A primeira aumenta a capacidade líquida da bateria dos 71 kWh para os 83,7 kWh. O segundo duplica a capacidade do carregador de bordo e aumenta a potência máxima de carregamento dos 225 kW para os 270 kW.

Mais do que o ganho na autonomia, que passa dos 432 km para os 491 km, o trufo da bateria Performance Plus está no acréscimo de potência que a acompanha. Com esta opção, a potência máxima em overboost com launch control passa dos 408 cv para os 476 cv.

Launch control estica potência até aos 476 cv

Como o binário máximo com launch control ganha apenas 12 Nm, chega aos 357 Nm, o tempo na prova de sprint não sofre alterações. Sem ganhos evidentes nas prestações, a bateria de maior capacidade deve ser encarada mais como uma opção de estilo, garante 476 cv, do que como uma solução desportiva.

Mesmo o aumento da potência máxima de carga não faz mais do que compensar a maior capacidade da bateria. Tanto a bateria Performance como a Performance Plus podem carregar 80% em 23 minutos ou garantir 100 km de autonomia por cada cinco minutos de carga.

Sem as prestações de superdesportivo das versões mais potentes, a suspensão pneumática do Porsche Taycan Sport Turismo pode amortecer o piso. As irregularidades trilhadas pelas jantes de 20’’ têm de ser bastante evidentes para chegarem ao habitáculo.

Apesar do pisar suave, o controlo dos movimentos é rigoroso. As transferências de massas são contrariadas com eficácia, permitindo atacar sequências de curvas praticamente sem rolamento de carroçaria.

Mais equilibrado

Com a bateria a baixar o centro de gravidade e a direção a comunicar os limites elevados do eixo dianteiros, o Porsche Taycan Sport Turismo não deve nada às versões mais potentes. Em estada… com as acelerações meteóricas limitadas ao launch control, a condução real é muito equivalente.

Despojado das barras de tejadilho e proteções plásticas de carroçaria que marcam a imagem aventureira da versão Cross Turismo, o Porsche Taycan Sport Turismo apresenta-se mais baixo e estreito. Mais próximo do Porsche Taycan.

Prolongando a linha de tejadilho até à traseira, o Porsche Taycan Sport Turismo liberta mais espaço em altura para os passageiros da fila traseira. Se o acesso à bagageira é nitidamente mais amplo que o da berlina, o ganho na capacidade de carga sob a chapeleira é de uns modestos 39 litros. São 446 l, complementados pelos 84 l do compartimento dianteiro.

Interior do Porsche Taycan Sport Turismo
O interior é igual ao da berlina Taycan. O ecrã do passageiro é opcional

Com exceção de mais 9 mm de espaço para a cabeça, a secção dianteira do Porsche Taycan Sport Turismo é igual à do Taycan. Posição de condução adequada a uma carrinha, rodeada de materiais e acabamentos de qualidade e muitos ecrãs por onde deixar dedadas.

Em resumo…

Prova de que a Porsche não sabe construir automóveis sem chama desportiva, este Taycan Sport Turismo tem apenas uma opção questionável. A bateria Performance Plus. Promete mais 68 cv e 45 km de autonomia, que na prática não se sentem.

Um problema com os cabos limitou o teste à carga com que recebemos o Taycan (100%). Com uma média de 25,5 kWh/100 km o ensaio ficou limitado aos 328 km da autonomia real. Com a bateria Performance seriam apenas 278 km, que ajudam a justificar a opção pela bateria de maior capacidade.

PORSCHE TAYCAN SPORT TURISMO

Preço 99 084 €

Motor Elétrico
Potência 476 cv
Binário 357 Nm
Transmissão Traseira, Auto., 2 vel.
Peso 2155 kg
Comp./Larg./Alt. 4,96/1,97/1,41 m
Dist. entre eixos 2,9 m
Mala 84 – 446 – 1726 l
Desempenho 5,4 s 0-100 km/h; 230 km/h Vel. Máx.
Consumo 21,7 (25,5*) l/100 km
Emissões 0 g/km

* Medições Turbo

GOSTÁMOS

– Conforto
– Comportamento
– Preço

NÃO GOSTÁMOS

– Opções obrigatórias
– Autonomia