Mobieco

Publicidade

Peugeot inicia produção em série do Expert a hidrogénio

Texto: Carlos Moura
Data: 28 de Junho, 2021

A Peugeot já começou a produção em série do Expert alimentado a célula de combustível a hidrogénio. O e-Expert Hydrogen será proposto em dois comprimentos de carroçaria e uma autonomia superior a 400 quilómetros. As primeiras entregas estão previstas para o final de 2021 a clientes franceses e alemães. 

A Peugeot iniciou a produção em série de veículos elétricos alimentados a célula de combustível a hidrogénio e o primeiro modelo a entrar na linha de montagem é o e-Expert Hydrogen, furgão de dimensões médias.

O novo derivativo constitui mais uma alternativa relativamente às versões térmicas e elétricas alimentadas a bateria e constitui o mais recente símbolo da estratégia “Extended Power of Choice” da marca, que permite ao cliente escolher, entre uma vasta gama de motorizações, aquela que melhor se adequa às suas necessidades.

O Peugeot e-Expert Hydrogen incorpora um sistema “mid power” elétrico plug-in que combina uma célula de combustível que produz a eletricidade necessária para a propulsão do veículo graças ao hidrogénio armazenado nos depósitos localizados por baixo da carroçaria e uma bateria de iões de lítio, recarregável externamente, com uma capacidade de 10,5 kWh, que também alimenta o motor elétrico de 100 kWh (136 cv) em certas fases da condução. 

Abastecimento em três minutos

O depósito de hidrogénio pode ser abastecimento em apenas três minutos e permite uma autonomia superior a 400 quilómetros em ciclo WLTP. O veículo possui ainda uma tomada de carregamento para a bateria de iões de lítio e um carregador trifásico de 11 kW, que recuperar a sua capacidade num período compreendido entre seis horas (tomada standard de 8A) e menos de hora (wallbox de 11 kW e 32A).

O Peugeot e-Expert Hydrogen será comercializado em dois comprimentos de carroçaria – Standard e Longo – com as mesmas caraterísticas de volume de carga, quer das versões com motor diesel, quer das elétricas alimentadas a bateria. O compartimento de carga oferece um volume máximo de 6,1 m3, sendo a capacidade de carga máxima de 1100 kg e de reboque de 1000 kg.

LEIA TAMBÉM
Stellantis vai lançar comerciais médios a hidrogénio

O novo furgão elétrico alimentado a célula de combustível a hidrogénio irá estar disponível, numa primeira fase, para clientes profissionais em venda direta em França e na Alemanha. As primeiras unidades serão entregues no final de 2021.

O Peugeot e-Expert Hydrogen vai ser produzido em França, na fábrica de Valenciennes, sendo posteriormente transformado no centro de competências da Stellantis em Rüsselsheim, na Alemanha, onde se localizam as instalações do grupo dedicadas à tecnologia do hidrogénio.