Publicidade

Opel Movano. Nova geração adota base Stellantis

Texto: Carlos Moura
Data: 15 de Junho, 2021

A nova geração do Opel Movano adota a conhecida base utilizada pelas marcas da Stellantis nos comerciais de grandes dimensões e também vai contar com uma versão elétrica, Movano-e. 

A nova geração do Opel Movano, cuja comercialização está prevista ainda para este ano, vai abandonar a plataforma partilhada com a Renault para adotar a mesma base utilizada pelos furgões de grandes dimensões das marcas do Grupo Stellantis, designadamente o Fiat Ducato, o Peugeot Boxer e o Citroën Jumper.

A nova gama Movano será proposta em quatro comprimentos de carroçaria e três alturas de tecto, permitindo disponibilizar furgões com volumes úteis de carga entre 8,0 e 17 m3. 

As portas da versão H3, com 2,0 metros de altura, encontram-se entre as maiores do segmento, juntamente com as portas traseiras com abertura a 180 graus e extensível a 270 graus.

A gama será comercializada com pesos brutos entre as 2,8 e as 4,0 toneladas, enquanto a capacidade de carga pode chegar às 2,1 toneladas, Com um plano de carga de 49,4 centímetros, uma largura de 1,42 metros entre as cavas das rodas e de 1,87 metros entre os painéis interiores, o compartimento de carga está preparado para facilitar as operações de carregamento e descarga da mercadoria.

Opel Movano (2021)

A versão de cabina simples oferece uma única fila de bancos, com três lugares, enquanto a cabina dupla disponibiliza uma segunda fila de bancos para mais quatro passageiros.

A gama também estará disponível nas versões chassis-cabina, combi de passageiros e com plataforma aberta traseira e três lugares. O novo Movano também poderá ser utilizado como base para uma ampla gama de conversões, incluindo caixas basculantes e autocaravanas.

Também em versão elétrica

O novo Opel Movano recebe motores diesel de 2,2 litros, já homologados segundo a norma de emissões Euro 6d, que oferecem níveis de potência de 120 cv a 165 cv, proporcionando baixos consumos de combustível e reduzidas emissões de dióxido de carbono. O elevado binário disponível a baixos regimes situa-se entre os 300 Nm às 1500 rpm e os 370 Nm às 1750 rpm. A transmissão da potência e do binário às rodas dianteiras é assegurada por caixas manuais de seis velocidades.

Opel Movano-e: versões (2021)

Em complemento, a gama também contará com uma versão elétrica, denominada Movano-e, equipada com uma linha motriz elétrica que desenvolve uma potência de 90 kW (122 cv) e um binário de 260 Nm, com a velocidade máxima limitada eletronicamente a 110 km/h.

Em função da versão é possível optar entre packs de baterias de iões de lítio de 37 kWh ou de 70 kWh, possibilitando autonomias até 117 km ou 224 km, respetivamente, no ciclo combinado WLTP.

LEIA TAMBÉM
Opel anuncia versões elétricas do Movano e Combo para 2021

As baterias foram instaladas por baixo do compartimento de carga, solução que permite manter inalterado o volume de carga, garantindo igualmente um centro de gravidade mais baixo, com benefícios ao nível da estabilidade em curva e da resistência ao vento lateral, mesmo com o Movano-e totalmente carregado.

O veículo dispõe igualmente de um sofisticado sistema de travagem regenerativa, que recupera a energia produzida em travagem ou desaceleração para aumentar a eficiência.

Sistemas de assistência

O novo Opel Movano vai contar com avançados sistemas de assistência à condução e alguns deles serão mesmos propostos de série. A extensa lista de equipamentos inclui a Travagem de Segurança Automática, Aviso de Ângulo Morto, “Trailer Merger Assist” e Alerta de Saída da Faixa.

O sistema “OpelConnect”, a app “myOpel” e a marca de mobilidade “Free2Move Services” oferecem soluções especiais para veículos comerciais ligeiros, incluindo com motorização elétrica. Os serviços estão acessíveis através de apps. A função “Charge My Car” da app “Free2Move Services” permite aceder a pontos de carregamento em toda a Europa, incluindo a função de pagamento. 

Para a gestão profissional de frotas, a solução telemática “Opel Connect” associada ao “Free2Move Services” pode fazer o seguimento da posição geográfica do veículo, otimizar trajetos, fazer a gestão da manutenção e de consumo de combustível, bem como disponibilizar conselhos para adotar uma condução mais económica. 

Opel Movano (2021)