Publicidade

Com preço já conhecido. Opel introduz tecnologia híbrida de 48V no Grandland

Texto: Carlos Moura
Data: 1 de Março, 2024

O novo Grandland Hybrid vem reforçar a oferta do SUV topo de gama da Opel com uma tecnologia híbrida suave de 48V, associada a um motor 1.2 de 136 cv, que promete reduzir o consumo de combustível até 15% em comparação com as versões não eletrificadas.

A oferta do Opel Grandland foi reforçada com uma nova versão híbrida suave (mild-hybrid) de 48V, que, assim, a contar com uma gama de motores que inclui propostas híbridas plug-in eletrificadas e eficientes variantes a combustão.

Na tecnologia híbrida suave de 48V do SUV topo de gama da Opel está integrado o sistema recuperação de energia nas desacelerações e travagens, o qual, segundo a marca, permite uma redução em cerca de 15% no consumo de combustível em comparação com as variantes de motor de combustão não eletrificadas. A Opel anuncia uma média entre 5,5 a 5,7 l/100 km em ciclo WLTP.

O sistema híbrido suave do Grandland Hybrid compreende uma pequena bateria de iões de lítio, localizada sob o banco dianteiro esquerdo, que se carrega automaticamente em determinadas condições de condução, bem como um novo motor turbo a gasolina de 1,2 litros. 

Motor de 136 cv

O novo bloco de três cilindros com 136 cv foi desenvolvido especificamente para utilização híbrida e está associado a uma nova transmissão eletrificada, de dupla embraiagem e seis velocidades, e a um motor elétrico de 28 cv (21 kW), integrado na própria transmissão 

Dependendo das suas preferências, os condutores do Grandland Hybrid podem escolher entre os três modos de condução: Eco, Normal e Sport. 

Em termos de prestações, a Opel anuncia uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 10 segundos e uma velocidade máxima de até 200 km/h.

A Opel refere que a instalação do sistema híbrido suave não comprometeu a habitabilidade do Grandland Hybrid nem a capacidade da bagageira, que oferece um volume máximo de até 1652 litros. 

Sistema digital de 12”

O interior do Grandland Hybrid conta com um sistema digital, de 12 polegadas. Além dos ecrãs habituais, o interface apresenta pormenores específicos dos modelos híbridos: um mostrador de potência permanente exibe um tom de azul em condução puramente elétrica, até um quilómetro, passando a branco quando entra em funcionamento o motor de combustão. 

Outro ecrã mostra o fluxo de energia entre a bateria, o motor a gasolina e as rodas, bem como o estado de carga da bateria, em diferentes cores. 

LEIA TAMBÉM
Com novo design e tecnologias. Opel apresenta o renovado Grandland

Quanto aos dados mais importantes – distância percorrida, tempo de viagem, consumo médio, autonomia restante e percentagem do percurso percorrido exclusivamente com energia elétrica – estes são resumidos sempre que o veículo é desligado.

Os sistemas de informação e comunicação são compatíveis com Android Auto e Apple CarPlay, podendo os smartphones ser carregados sem recurso a cabos (de série ou como opcional).

Jà à venda

O Grandland Hybrid já está em comercialização no mercado nacional, por um preço a partir de 41 167 euros. A dotação de série inclui vários sistemas de assistência de última geração, iluminação Intelli-Lux LED Pixel Matrix sem encandeamento e integrada em ambos os lados do Opel Vizor, num total de 168 elementos LED, ou a câmara a 360 graus, garantem o mais elevado nível de segurança para todos os utilizadores das estradas. 

A Entrada, Abertura de Portas e Arranque sem chave, bem como a abertura do portão traseiro em modo mãos-livres também estão disponíveis.