Mobieco

Publicidade

Nikola e Iveco inauguram fábrica de camiões elétricos na Alemanha

Texto: Carlos Moura
Data: 15 de Setembro, 2021

A joint-venture Nikola Iveco inaugurou uma fábrica para a produção de camiões elétricos – a bateria e célula de combustível – na cidade de Ulm, na Alemanha. 

A Nikola Corporation e a Iveco estabeleceram uma joint-venture para a produção de camiões elétricos, quer a bateria, quer a célula de combustível. Para o efeito, as duas empresas investiram numa fábrica em Ulm, na Alemanha, para a montagem em série de uma gama de veículos de gama alta que será comercializada como Nikola Tre.

A fábrica da Nikola Iveco está implantada numa área total de 50.000 m2, incluindo 25.000 m2 cobertos e 11.000 m2 dedicados para a montagem de veículos pesados elétricos. Todo o processo de produção contará com o envolvimento de 160 fornecedores e a localização da fábrica em Ulm levou em conta o facto da maioria dos fornecedores se encontrar a cerca de duas horas de distância.

As instalações de Ulm deverão produzir cerca de mil unidades por ano num só turno, estando prevista a duplicação nos próximos anos com dois turnos. 

Os primeiros modelos Nikola Tre produzidos em Ulm a partir do final de 2021 serão entregues a clientes selecionados a clientes selecionados em 2022.

Base é o Iveco S-Way

Ambos os modelos foram desenvolvidos a partir da plataforma do Iveco S-Way e contam com um eixo elétrico desenhado e produzido conjuntamente pela FPT Industrial. O Nikola Tre BEV está equipado com uma linha motriz elétrica que oferece uma potência em pico de 645 kW, alimentado por uma bateria de iões de lítio com uma capacidade de 763 kWh, que proporciona uma autonomia até 560 quilómetros. Para recuperar a capacidade bateria são necessárias cerca de duas horas.

Para operações que exigem um maior raio de ação será proposto o Nikola Tre FCEV, que adota a tecnologia elétrica e de célula de combustível da Nikola, juntamente com componentes-chave fornecidos pela Bosch. Esta versão com extensão de autonomia a hidrogénio desenvolve uma potência de pico de 480 kW e um binário de 1800 Nm. Os depósitos de hidrogénio com uma capacidade de 65 kg asseguram uma autonomia de até 800 quilómetros. O abastecimento durante cerca de 20 minutos, sensivelmente o mesmo tempo de um camião diesel. 

LEIA TAMBÉM
Gás natural veicular evitou emissões de 10.000 toneladas de CO2 em 2020

Segundo a Nikola Iveco, o lançamento antecipado da tecnologia de bateria conduzirá à maturidade da plataforma subjacente antes de adicionar a célula de combustível como tecnologia de extensão de energia no final de 2023.

A inauguração da fábrica da Nikola Iveco em Ulm foi ainda assinalada pela assinatura de um memorando de entendimento com o porto de Hamburgo para o fornecimento de 25 unidades do Nikola Tre BEV durante o ano de 2022.