Publicidade

Next Level Skoda. O plano a médio prazo do construtor checo

Texto: Ricardo Machado
Data: 25 de Junho, 2021

Next Level Skoda’, assim foi batizado o plano de desenvolvimento do construtor checo para os próximos nove anos. De uma forma muito resumida, trata-se de aplicar o slogan “Simply Clever” à estratégia a desenvolver até 2030.

Expandir, Explorar e Envolver, são estes os três pilares do ‘Next Level Skoda’. No plano da expansão, o construtor checo pretende integrar o grupo das cinco marcas mais vendidas na Europa. Para tal aposta nos modelos de acesso, como o Fabia, que em diversos mercados, não em Portugal, tem preços inferiores a 14 mil euros.

A estratégia passa ainda pela eletrificação da gama, que em 2030 deverá chegar aos 70% dos veículos matriculados. Uma solução suportada pela reconversão das fábricas e pela introdução de três novos modelos elétricos com posicionamento abaixo do Enyaq iV.

Thomas Schäfer durante a apresentação do plano Next Level Skoda
 Thomas Schäfer, CEO da Skoda, durante a apresentação do plano Next Level Skoda

Seguindo o ramo explorar do ‘Next Level Skoda’, a marca integrada no Grupo VW vai apostar nos grandes mercados emergentes. Índia e Rússia serão os alvos principais, com a China e os Estados Unidos da América a serem igualmente merecedores de atenções especiais.

Para terminar, o envolvimento. Ou a forma do ‘Next Level Skoda’ aplicar o conceito ‘Simply Clever‘ ao interface com o utilizador. Conduzir um Skoda deve ser um exercício tão agradável quanto intuitivo, sem necessidade de consultar o manual de instruções para mudar a temperatura da climatização.

LEIA TAMBÉM
Espaço é princípio. Skoda prepara Coupé e pequeno crossover já para 2022

Para simplificar o carregamento de automóveis elétricos foi criado o ‘Power Pass’, com acesso a carregadores em mais de 30 mercados. Consciente de que, de 2025 para a frente, um em cada cinco automóveis vai ser vendido online, o ‘Next Lever Skoda’ prevê um forte investimento no showroom virtual.

A formação não foi esquecida, com a Skoda a destinar a essa área um investimento de 500 milhões de euros. Reflexo dos tempos modernos, uma em cada quatro posições de chefia será assegurada por uma mulher.