Publicidade

Novo Countryman é o maior Mini de sempre

Texto: Carlos Moura
Data: 4 de Setembro, 2023

A nova geração do Mini Countryman deixou de ser assim tão “mini” como o nome sugere e este modelo passa a ser mesmo o maior de sempre da marca britânica. Na fase de lançamento estarão disponíveis  duas versões elétricas, mas mais tarde a oferta será reforçada com motorizações a gasolina.

Uma das estreias do Salão da Mobilidade de Munique (IAA) é a terceira geração do Mini Countryman, que não só passa a ser o primeiro modelo da marca britânica fabricado na Alemanha como também aquele com maiores dimensões de uma gama que acaba de ser renovada. 

Baseado na mesma plataforma do BMW iX1, o novo Countryman tem um comprimento exterior de 4,33 metros, uma largura de 4,33 metros, uma largura de 1.84 metros e uma altura de 1,66 metros. Isto significa que é 13 centímetros mais longo do que o seu antecessor e seis centímetros mais alto.

No capítulo estético, o novo Countryman mantém elementos típicos da marca como a grelha frontal e as formas dos pilares que o identificam claramente como um membro da família da Mini, mas as linhas exteriores deixaram de ser tão arredondadas como no modelo anterior e passam a ser mais angulosas. As jantes podem chegar às 20” e apesar de não parecer, o novo modelo é mais aerodinâmico do que o seu antecessor. 

Ecrã tátil redondo

Passando ao habitáculo, a qualidade percebida é superior à do seu antecessor e a aproximação à tecnologia é minimalista. O painel de bordo destaca-se pelas cores e materiais inovadores, como, por exemplo, os revestimentos interiores fabricados a partir de PVC reciclado.  

O elemento que chama mais a atenção no habitáculo é o ecrã tátil central que é totalmente redondo e tem um diâmetro de 240 mm. Aquele ecrã utiliza tecnologia OLED tátil e o sistema operativo MINI OS 9. Baseado em Android de código livre oferece várias possibilidades de personalização, barras de ferramentas personalizáveis.

Quanto à ergonomia, a Mini reivindica que o crescimento das dimensões exteriores teve como reflexo um maior espaço em todos os lugares. 

Versões elétricas no arranque

O novo Mini Countryman vai ser proposto em versões elétricas, que serão lançadas primeiras, juntando-se depois motorizações de combustão a gasolina. A versão elétrica estará disponível em duas motorizações: Countryman E, com autonomia em ciclo WLTP de até 462 cv e motor elétrico com 150 kW (204 cv); e Countryman SE ALL4, com dois motores elétricos, tração integral, potência de 313 cv e autonomia de até 433 cv.

LEIA TAMBÉM
Com 402 km. Mini reinventa-se com novos elétricos Cooper E e SE

A Mini anuncia uma aceleração dos 0 aos 100 km/h de 8,6 segundos para o Countryman E e de 6,6 segundos para o Countryman SE ALL4. Ambos partilham uma bateria de iões de lítio com capacidade de 66,45 kWh.