Mobieco

Publicidade

Porque nem as lendas escapam. Mercedes mostra em Munique o EQG Concept

Texto: Francisco Cruz
Data: 7 de Setembro, 2021

Porque a Mobilidade Elétrica promete não deixar ninguém – ou quase… – de fora, a Mercedes-Benz deu a conhecer, na abertura do Salão Internacional do Automóvel de Munique, aquele que será, muito provavelmente, o futuro do icónico Classe G – chama-se EQG Concept, é 100% elétrico e deverá chegar já em 2025.

Numa altura em que a Mercedes-Benz acelera a fundo, rumo à transformação elétrica da sua gama, parece já certo que, aquele que é, também, um dos últimos “dinossauros” da combustão, o todo-o-terreno Classe G, não ficará de fora desta revolução.

Pelo contrário e conforme a marca da estrela acaba de mostrar, no Salão Internacional do Automóvel de Munique, na Alemanha, o modelo conhecerá uma variante 100% elétrica em 2025, antecipada por um protótipo, denominado, precisamente, EQG Concept. Proposta que, garante a Mercedes, está já muito perto daquilo que será o modelo de produção.

Mercedes-Benz EQG Concept
Mercedes-Benz EQG Concept

Sobre o EQG Concept propriamente dito, as alterações, em termos estéticos, são subtis, abarcando, principalmente, acabamentos iluminados, uma grelha frontal fechada com a estrela em 3D, rodas em alumínio de 22 polegadas (feitas sob medida) e uma caixa de armazenamento no lugar do pneu sobressalente, feita à imagem de uma wallbox.

LEIA TAMBÉM
Versão elétrica do Classe G. Mercedes EQG Concept esperado em Munique

De resto, a marca da estrela destaca, igualmente, a grelha de tejadilho, a qual abriga uma faixa de LED na frente, como que a sugerir o potencial desta proposta 100% elétrica para as “aventuras off-road mais exigentes”.

Mercedes-Benz EQG Concept
Mercedes-Benz EQG Concept

Mantendo o mesmo chassis e suspensão independente à frente, com eixo rígido atrás, dos irmãos com motores de combustão, o EQG anuncia-se como um “off-road intransigente”, graças também e segundo defende a Mercedes, a um trem de força composto por quatro motores elétricos e uma bateria, integrada no chassis como forma de garantir um mais baixo centro de gravidade, que, pelo contrário, aumentará a capacidade offroad do modelo.

Quanto aos motores, instalados nas rodas e controlados individualmente, mas cuja potência combinada a Mercedes não quis, para já, revelar, contam com o apoio de uma caixa de duas velocidades, como forma de garantir, altas e baixas. Ao mesmo tempo, o binário instantâneo, garantirá “enorme poder de tracção e controlo”, tornando o EQG especialmente apto para enfrentar terrenos íngremes e acidentes, ou até mesmo rebocar cargas pesadas.

Mercedes-Benz EQG Concept
Mercedes-Benz EQG Concept

Também como teste último a ultrapassar, a versão de produção do Mercedes EQG enfrentará a lendária pista de testes na montanha Schöckl, ainda na forma de protótipo e antes da sua apresentação final. Algo que, de resto, a actual geração W463 do modelo, também teve de superar.

Comentando o lançamento deste primeiro Classe G elétrico, o director de pesquisa da Mercedes-Benz, Markus Schäfer, não deixou de se congratular com o facto, recordando que, “queremos inspirar os nossos clientes a mudarem para a mobilidade elétrica, com produtos convincentes. Um ícone como o Classe G cumpre essa tarefa, na perfeição”.

Mercedes-Benz EQG Concept
Mercedes-Benz EQG Concept