Mangualde ganha produção do Opel Combo

Texto: Nuno Fatela
Data: 8 Fevereiro, 2019

Foi confirmada a produção do Opel Combo em Mangualde, reforçando assim a importância da fábrica dentro do consórcio gaulês. Este passo pode ajudar a garantir o reconhecimento internacional de Portugal como “país produtor automóvel”.

Foi hoje anunciado pelo Grupo PSA que a fábrica de Mangualde, onde já eram fabricados o Citroën Berlingo/Berlingo Van e o Peugeot Partner/Rifter, vai também assegurar a produção do novo Opel Combo. Desta forma a unidade situada no centro do país fica responsável por produzir todos os comerciais ligeiros que ganharam o prémio de International Van of The Year 2018, que distingue o melhor furgão a nível mundial. O arranque deste novo projeto está agendado para o segundo semestre de 2019, e Mangualde fica responsável por fabricar as versões de passageiros e de mercadorias do Opel Combo.

 

O grupo automóvel liderado por Carlos Tavares refere que a chegada deste modelo “vai possibilitar uma maior estabilidade e flexibilidade dos volumes de produção, permitindo que a fábrica se torne mais competitiva para responder a um mercado automóvel cada vez mais exigente”. De referir que o fabrico deste furgão será partilhado com a unidade da PSA em Vigo. Quando aos principais destinos de exportação, eles serão Portugal, Espanha, Itália e França.

 

Portugal perto de ser reconhecido como produtor

Recentemente foram revelados os dados da produção automóvel em 2018, quando se atingiu um novo recorde situado nas 294.000 unidades. Este valor foi alvo de destaque no balanço anual do sector automóvel efetuado pela ACAP, que explicou que Portugal ficou muito perto do valor mínimo para que um país seja considerado internacionalmente como Produtor Automóvel. Esse registo está situado nas 300.000 unidades. Agora, com a produção do VW T-Roc na AutoEuropa estabilizada, e com o anúncio da produção do Opel Combo em Mangualde, prevê-se que 2019 seja um ano de boas notícias neste campo.

 

Partilhar