Mobieco

Publicidade

Lucid quer combater Tesla Model X com SUV de 7 lugares

Texto: Carlos Moura
Data: 17 de Novembro, 2022

A californiana Lucid Motors quer introduzir o SUV de 7 lugares Gravity que se destina a combater modelos como o Tesla Model X, o BMW iX e o Mercedes-Benz EQS SUV. A nova proposta deve chegar ao mercado em 2024.

A Lucid Motors quer lançar um segundo modelo em 2024 que se destina a concorrer com modelos como o Tesla Model X, o BMW iX e o Mercedes-Benz EQS SUV. Denominado Gravity irá oferecer um habitáculo com lotação até sete adultos. 

A start-up norte-americana adianta que o novo SUV de sete lugares irá receber a mais recente versão do painel de instrumentos digital “Glass Cockpit”, que utiliza o software próprio da empresa.

Interior do Lucid Gravity

O responsável de design da Lucid, Derek Jenkins, sugere que o Gravity irá contar com soluções inovadoras para fazer parecer com que o Gravity seja maior do que na realidade. “Vai ser um supercarro disfarçado e um SUV com espaço flexível para passageiros e bagagens, o que parece ser quase impossível atendendo às dimensões exteriores do veículo. Isso vai ser conseguido com o distinto design pós-luxuoso da Lucid, inspirado pela Califórnia.

Linha motriz elétrica do Air?

Os detalhes técnicos ainda não foram revelados, mas tudo indica que este SUV poderá receber a linha motriz do Air Dream Edition, um dos veículos elétricos mais potentes e rápidos da atualidade.

O Lucid Air Dream Edition, recorde-se, está equipado com dois motores elétricos que oferecem uma potência combinada de 1065 cv transmitida às quatro rodas, permitindo uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em menos de três segundos. Os motores elétricos são alimentados por uma bateria com 113 kWh de capacidade e que disponibiliza uma autonomia de aproximadamente 830 quilómetros.

LEIA TAMBÉM
Goodwood. Lucid Air foi o carro de produção mais rápido na famosa rampa

A Lucid Motors também poderá disponibilizar outras alternativas de tração integral com 612 ou 789 cv, assim como uma versão de entrada com tração traseira com 359 cv. O Air também proposto com uma bateria mais pequena de 75 kWh, que num Gravity mais alto e pesado poderá permitir uma autonomia de aproximadamente 370 quilómetros.