Mobieco

Publicidade

Guerra das autonomias. Lucid Air destrona Tesla Model S?

Texto: Carlos Moura
Data: 12 de Agosto, 2020

Com base na tecnologia utilizada nas baterias desenvolvidas para a Fórmula E, o primeiro modelo da norte-americana Lucid, o Air, anuncia uma autonomia de 832 quilómetros e a estreia de um conjunto de tecnologias inovadoras.

Assumindo-se como um concorrente direto do Tesla Model S, o Lucid Air está quase a ser revelado publicamente, estando a apresentação agendada para o dia 9 de setembro.

A marca norte-americana refere que o modelo Air tem uma autonomia estimada de 832 quilómetros em ciclo EPA. Este valor foi obtido com base num teste independente realizado pela FEV North America em Auburn Mills (Michigan), que utilizou os procedimentos da agência norte-americana do ambiente com um ajustamento de fábrica.

Lucid Air

Esta autonomia de 832 quilómetros do Lucid Air é bastante superior à do veículo elétrico mais vendido nos Estados Unidos, o Tesla Model S Long Range, que tem uma autonomia em ciclo EPA de 647 quilómetros.

Tecnologia testada na Fórmula E

Estou satisfeito que o Lucid Air tenha alcançado uma autonomia de 832 quilómetros em ciclo EPA, valor esse confirmado por uma entidade independente como a FEV e que esse marco na história do desenvolvimento de veículos elétricos tenha sido alcançado com recurso a tecnologia da própria Lucid”, afirmou Peter Rawlinson, CEO da Lucid.

“Acredito que a nossa arquitetura de 900V, as nossas baterias comprovadas na competição, os motores miniaturizados, a gestão eletrónica, os sistemas integrados de transmissão, os sistemas de chassis e térmicos, o software e todo o sistema alcançou um grau que estabelece uma nova referência e reúna um conjunto de estreias mundiais”.

LEIA TAMBÉM
Lucid Air. Comercialização está garantida e até já tem teaser de lançamento

A Lucid ainda não revelou a capacidade da bateria do modelo Air, mas a marca norte-americana adianta que foi utilizada a tecnologia desenvolvida pela sua divisão Atevia, a qual fornece baterias para todas as equipas de Fórmula E.