Mobieco

Publicidade

Com o Eletre apresentado. Lotus “mostra” um pouco do rival directo do Taycan

Texto: Francisco Cruz
Data: 18 de Abril, 2022

Depois do SUV Eletre, a Lotus Cars foca-se já no segundo dos três modelos eléctricos nascidos sob um novo dono, os chineses da Geely. Neste caso, uma nova berlina que, para já, ostenta o nome de código Type 133, e que, acredita o fabricante de Hethel, rivalizará taco-a-taco com o Porsche Taycan.

A notícia é avançada pela britânica Autocar, recordando aquela que foi a estratégia já definida e assumida pela própria Lotus Cars, relativamente a estes três novos modelos elétricos, que terão por base a mesma plataforma. E que, conforme também já referiu a marca britânica, todos eles adoptam como referência, independentemente do segmento em que se inserem, aquele que é, para a generalidade da concorrência, o atual “alvo a abater” entre os EV de características mais dinâmicas – o Porsche Taycan.

Em declarações à publicação britânica, o director de Atributos e Integridade de Produto da Lotus Cars, Gavan Kershaw, assume que, no caso do SUV Eletre, o desenvolvimento dinâmico do modelo teve, efectivamente, como exemplo a seguir, o Taycan, sendo que o mesmo acontecerá com a berlina de quatro portas Type 133.

Esta era a gama elétrica que a Lotus Cars anunciava em 2021. Tudo para manter?…

Recordando a presença de tecnologias como o Controlo Activo da Carroçaria, o Controlo de Amortecimento Contínuo, as rodas traseiras direccionais independentes com suspensões pneumáticas e a aerodinâmica activa, como um dos aspectos que mais marcam a Arquitectura Elétrica Premium realizada em alumínio, que serve de base a estes novos EV e que será também a solução mais vocacionada para o desempenho dinâmico, Kershaw recorda que, esta é “a solução que queremos aplicar” nos futuros carros elétricos da marca britânica. Pelo que , o Type 133, também seguirá esta fórmula.

De resto, o mesmo responsável deixa bem explícito, nestas declarações reproduzidas pela Autocar, que “o tipo de carro que queremos fabricar e que tanto vamos querer admirar, como conduzir, requer toda esta tecnologia”. Sendo que, o produto final, que sairá da linha de montagem de Wuhan, na China, não será concretizado à custa, por exemplo, do envolvimento do condutor na condução.

LEIA TAMBÉM
Com mais de 600 cv. Lotus Cars apresenta o SUV elétrico Eletre

Ainda sobre o Type 133 e embora as informações sejam, nesta altura, escassas, a mesma publicação garante, desde já, que a berlina apresentar-se-á com uma configuração, em termos de propulsão, de dois motores elétricos, a anunciarem qualquer coisa como 600 cv de potência. Ou seja, a mesma configuração anunciada para o SUV Eletre e que, no caso do Type 133, alinhá-lo-ia com o Porsche Taycan GTS, deixando espaço, tanto para cima, como para baixo, para que outras versões possam surgir.

Sobre o design, a promessa de que não se tratará de um Eletre mais baixo, ainda que e segundo afirmou o vice-presidente para o design da Lotus Cars, Peter Horbury, à mesma publicação, a berlina “deverá manter alguma continuidade e identidade familiar” face ao SUV. Embora “cada membro de uma família possa ter o seu próprio carácter”.