Mobieco

Publicidade

SUV C16 é o quarto modelo da chinesa Leapmotor

Texto: Carlos Moura
Data: 11 de Junho, 2024

Participada pela Stellantis, a Leapmotor revelou um quarto modelo no seu portefólio, o C16, que foi recentemente apresentado no Salão Automóvel de Pequim e que, para já, começa a ser comercializado na China. Não será de estranhar que também venha para a Europa…

Marca chinesa participada em 21% pela Stellantis, a Leapmotor continua a reforçar a sua oferta com a chegada ao mercado do SUV C16 que se irá juntar aos três modelos em comercialização na China – C01, C10 e T03 -, estando prevista a introdução de alguns deles também na Europa.

Após apresentação no Salão Automóvel de Pequim, onde recebeu 11 950 encomendas em apenas 24 horas, o novo C16 já tem preço para China: 200 000 yuan (cerca de 25 500 euros). 

A Leapmotor pretende romper barreiras com este novo modelo, pois terá caraterísticas um pouco mais premium como também será o primeiro modelo do segmento com arquitetura de 800V.

O C16 é um SUV eletrificado de dimensões médias com uma configuração de 2+2+2 lugares. Em termos de imagem, uma das caraterísticas mais distintivas consiste na unidade do Lidar montado no tecto. Até ao pilar C, parece uma verão maior do C10, distinguindo-se claramente quando chega ao pilar D, o que se explica pelas maiores dimensões do terceiro vidro lateral e por ter uma terceira fila.

Três ecrãs

O C16 tem um comprimento de 4,92 metros, uma largura de 1,91 metros e uma altura de 1,77 metros. Este SUV é baseado na arquitetura Leap 3.0 e é o veículo maior da Leapmotor até hoje.

O habitáculo do C16 conta com materiais de elevada qualidade. Os ocupantes dos lugares dianteiros contam com um painel de instrumentos digital de 10,25” e um ecrã central rotativo para o sistema de informação e entretenimento de 14,6”.

Os chips Qualcomm Snapdragon 8295 processam a informação do sistema de informação e comunicação, sendo utilizado o sistema operativo Leap OS. O SUV elétrico conta com um sistema de som com 21 colunas e um carregador de indução.

Os ocupantes dos assentos traseiros têm ao seu dispor um ecrã rebatível de 15,6” para o sistema de informação e comunicação. As costas dos bancos dianteiros possuem compartimentos de arrumação rebatíveis e juntamente com a terceira fila vai ter um botão para regulação dos assentos.

Duas versões

O C16 estará disponível numa versão elétrica a bateria ou com extensor de autonomia. A primeira opção combina um motor elétrico com 215 kW (292 cv) de potência com uma bateria LFP com capacidade de 67 kWh, sendo anunciada uma autonomia de até 520 km no mais que otimista ciclo chinês CLTC. 

LEIA TAMBÉM
Em setembro. Stellantis arranca com venda de modelos chineses

A variante com extensor de autonomia inclui um motor aspirado de 1,5 litros de 70 kW (95 cv), que funciona como gerador, um motor elétrico com potência de 170 kW (231 cv) e uma bateria LFP de 28,4 km que proporciona uma autonomia em modo elétrico até 134 km, também em ciclo CLTC.