Mobieco

Publicidade

Nobina recebe autocarro da CaetanoBus H2 em renting da Kinto

Texto: Carlos Moura
Data: 28 de Dezembro, 2021

A Kinto Portugal desenvolveu uma solução inovadora de renting para autocarros. O primeiro veículo adquirido nesta modalidade é um urbano a hidrogénio da CaetanoBus e vai ser operado pelos suecos da Nobina. Entretanto, a CaetanoBus também já entregou primeiro autocarro a hidrogénio a Barcelona. 

O primeiro autocarro a hidrogénio da CaetanoBus com solução de financiamento em renting pela Kinto Portugal foi entregue à Nobina, o maior operador de transportes públicos da região nórdica.O veículo entra em operação no início de janeiro de 2022.

A empresa de mobilidade do Grupo Toyota alargou, assim, a sua solução Kinto One, tendo desenvolvido um programa completo de Full Service Lease (renting) para autocarros urbanos.

A Nobina, que diariamente transporta mais de um milhão de pessoas, está a implementar uma estratégia de descarbonização da sua atividade para reduzir o impacto ambiental e, em parceria com a Kinto Portugal, decidiu introduzir na sua frota o primeiro autocarro a hidrogénio, produzido pela CaetanoBus.

O novo autocarro a hidrogénio possui um comprimento de 12 metros, piso baixo, três portas e carroçaria em alumínio. O veículo está dotado com uma pilha de combustível da Toyota com potência nominal de 60 kW, bateria de iões de lítio com capacidade de 44 kWh e sistema de tração elétrico da Siemens com potência de 180 kW.  

CaetanoBus City Gold H2 entregue à Nobina

A aliança estratégica entre a Toyota Motors Europe, a Kinto e a CaetanoBus é dedicada ao desenvolvimento e produção de autocarros com emissão zero na Europa, impulsionado assim a expansão das soluções de mobilidade com emissão zero da Toyota, reforçando o caminho da eletrificação, que começou em 1997, e ainda a sua promessa “Beyond Zero”, ir para além do Zero com a tecnologia associada à utilização de hidrogénio.

Primeira unidade entregue a Barcelona

Entretanto a CaetanoBus entregou a primeira de oito unidades do Caetano City Gold H2 ao operador de transportes públicos de Barcelona, TMB. Os veículos irão utilizar hidrogénio verde que já começou a ser produzido pela Iberdrola nas suas instalações da Zona Franca de Barcelona, onde também será efetuado o abastecimento destes autocarros.

LEIA TAMBÉM
Barcelona encomenda oito autocarros a hidrogénio à CaetanoBus

O projeto de construção da infraestrutura de produção e abastecimento de hidrogénio verde demorou cerca de um ano a ser executado e veio permitir a criação de um hub de hidrogénio verde numa das áreas industriais mais importantes de Espanha.

Além disso, a instalação da Iberdrola permitirá abastecer as frotas e indústrias da zona industrial de Barcelona que adotem esta solução energética.