Mobieco

Publicidade

Kia regressa aos comerciais com gama PBV

Texto: Carlos Moura
Data: 14 de Junho, 2024

A Kia vai regressar ao segmento dos comerciais na Europa com a gama PBV, que numa primeira fase contará com dois modelos, o PV5 e o PV7. O primeiro, de dimensões médias, chegará no último trimestre de 2025.

Platform Beyond Vehicle (PBV) é a designação da futura gama de comerciais ligeiros, elétricos e conectados da Kia, a qual foi anunciada na edição de 2024 do Consumer Electronics Show em Las Vegas. A marca-sul coreana quis aproveitar aquele evento para revelar a sua visão da mobilidade para os próximos 10 a 12 anos.

Cerca de seis meses depois, a marca sul-coreana convidou os jurados do IVOTY – International Van of the Year para uma apresentação, em primeira mão, da nova gama e também da estratégia para o Velho Continente.

A Kia vai utilizar a experiência obtida nos veículos elétricos de passageiros no desenvolvimento desta nova gama PBV, a qual, no entanto, vai utilizar uma plataforma totalmente nova para veículos comerciais, com o objetivo de garantir uma maior flexibilidade e modularidade. 

Pierre-Martin Bos e Sjoerd Knipping da Kia Europe alinhados junto ao protótipo do PV7

Todos os veículos terão conectividade permanente e em combinação com as possibilidades de desenvolvimento de software, baseado no sistema operativo Android, a Kia pretende promover uma maior interação entre os intervenientes da cadeia logística: carroçarias, prestadores de serviços e utilizadores dos veículos.  

“Com a gama PBV, a Kia pode ser competitiva em termos de TCO (custo total de utilização) face a uma veículo congénere diesel”, afirmou Pierre-Martin Bos, diretor PBV da Kia Europe.

Primeiro a chegar é o PV5

O primeiro modelo a ser lançado no mercado será o PV5, um comercial de dimensões médias, que será apresentado ao público em setembro no IAA Transportation em Hannover, estando prevista a sua comercialização no último trimestre de 2025.

O Kia PV5 vai inserir-se num segmento onde estão presentes modelos como o Ford Transit Custom, Mercedes-Benz Vito, Opel Vivaro, Peugeot Expert, Renault Trafic, Volkswagen Transporter, os quais já estão disponíveis com plataformas multienergias. A aposta da Kia vai passar por uma oferta exclusivamente elétrica, que integra soluções de carregamento V2X (vehicle-to-everything).

Estratégia da Kia para a gama PBV explicada numa sessão dedicada em Frankfurt

O PV5 será proposto com chassis curto ou longo, tecto normal ou alto, nos derivativos furgão de mercadorias, chassis-cabina e kombi de passageiros. Os modelos serão construídos com materiais sustentáveis e vão oferecer tecnologia V2G (vehicle-to-grid).

O PV5 Cargo estará vocacionado para ir de encontro à satisfação das necessidades dos serviços de utilidades (construção, reparação, manutenção), aos operadores de distribuição de última milha e às pequenas e médias empresas.

As versões de passageiros do PV5, denominadas People Mover, serão propostas em configurações de quatro, cinco e seis lugares, estando ainda prevista uma versão que possibilita o transporte de um passageiro de mobilidade reduzida.

300 mil unidades em 2030

Em 2027, a oferta será reforçada com o PV7, um comercial de grandes dimensões, que irá oferecer uma maior capacidade de carga nas versões de mercadorias e até nove lugares nas de passageiros. A oferta também será alargada com outras variantes, incluindo algumas já transformadas de fábrica. 

LEIA TAMBÉM
Ofensiva eletrificada. Kia vai lançar 15 elétricos e 15 híbridos até 2028

A gama PBV será produzida numa nova fábrica na Coreia do Sul, dedicada exclusivamente a estes modelos, tendo sido anunciada uma produção de 150 mil unidades em 2025 e 300 mil em 2030.

A comercialização será assegurada pela atual rede da Kia, estando prevista a criação de alguns centros dedicados em comerciais quando for introduzido o PV7. Os responsáveis da Kia garantem, no entanto, que toda a rede estará preparada para vender e dar assistência aos veículos PBV.