Hyundai mostra potencial da realidade aumentada

Texto: Nuno Fatela
Data: 10 Janeiro, 2019

Considerado que as tecnologias de realidade aumentada vão ganhar significativa expressão no sector automóvel, a Hyundai mostra na CES como quer tomar a dianteira nesta área

O progresso do automóvel mostra-nos perspetivas positivas e negativas para o futuro. Se por um lado a condução autónoma nos vem anunciar o fim do prazer de guiar o carro, existem novas capacidades adicionadas ao automóvel que promovem um futuro risonho. E, como o que queremos é poder continuar ao volante, não podiamos deixar de destacar as capacidades que a realidade aumentada nos vai oferecer.

Após ter em 2018 investido na WayRay (tal como a Porsche), a Hyundai veio agora mostrar à CES as vantagens que a tecnologia de realidade aumentada podem trazer. De forma básica, ela pode ser designada como um sistema de projeção de informações diretamente na estrada, sem necessidade de óculos ou qualquer outro dispositivo, através de grafismos “embutidos” no ecrã, que fornecem informações sobre a navegação, alertas de segurança e outros dados. Como, por exemplo, a possibilidade de ter um assistente pessoal para a condução em circuito (quase como nos jogos de computador). No caso da Hyundai, temos uma projeção de 1,310mm x 3,152mm colocada a uma distância simulada de 15 metros do condutor.


Uma tecnologia similar da Nissan foi também apresentada na CES, e pretende tornar visível o invisível


A Hyundai destaca algumas vantagens deste sistema em comparação aos usuais head-up display com um LCD à frente do condutor. A primeira é logo a dimensão da projeção. Mas há mais, como o facto do sistema acompanhar em tempo real os movimentos do automóvel, ajudando de forma dinâmica o condutor. Além disso, por estar combinado com os restantes sistemas do carro como os sensores e softwares das assistências de segurança, ele fornece de forma mais eficaz avisos contra potenciais perigos na estrada. Todo este potencial explica porque a Hyundai antevê um crescimento de 30% anualmente da tecnologia de realidade aumentada nos automóveis, e está a desenvolver esforços para tomar a liderança neste campo.

Partilhar