Hora de Ouro e PAS – O que significam num acidente

Texto: Nuno Fatela
Data: 13 Setembro, 2018

Por acaso já ouvir falar na “Hora de Ouro” e na sigla “PAS”? Estas são duas expressões essenciais quando se fala de sinistralidade rodoviária…

No passado dia 8 de setembro assinalou-se o Dia Mundial dos Primeiros Socorros. Em Portugal esta data foi assinalada pelo INEM com um vídeo que toda a gente deve seguir com atenção, pois mostra os procedimentos corretos para realizar as manobras de suporte básico de vida. Algo que, em caso de acidente, se revela essencial. Outro dado importante a reter, que foi difundido em Espanha, tem a ver com a importância que tem o socorro logo nos primeiros momentos, algo que ajuda a reforçar a ideia de que é obrigatório prestar auxílio aos feridos caso se depare com um acidente.

 

Os números do outro lado da fronteira são expressivos, e mostram que 50% das mortes em acidentes rodoviária ocorrem nos primeiros cinco minutos após o sinistro. E que este valor sobe para 75% durante a primeira hora, daí que este período seja designado como a “Hora de Ouro” para a intervenção dos serviços de emergência. Como é do conhecimento geral, nestas situações cada minuto conta.

Isto leva-nos a outra expressão que todos os condutores devem reter: PAS. Ela contempla as três ações a realizar caso se depare com um acidente rodoviário, começando por Proteger (ou seja, cuidar da sua segurança para que não seja mais uma vítima por estar mal colocado ou sem a exigida visibilidade), Avisar (entrar em contacto com o 112 antes de fazer mais alguma coisa, excepto em situações muito especiais como perigo de incêndio da viatura) e Socorrer (aqui, já com o auxílio dos operadores telefónicos, deve seguir as instruções para garantir o apoio aos sinistrados até que cheguem os profissionais). Para terminar, depois de o termos alertado para a importância da Hora de Ouro e do PAS, recordamos aqui mais um conselho. Deve sempre manter a calma, pois apenas dessa forma poderá dar aos profissionais do 112 as informações corretas (localização, número de feridos e seu estado, etc) e seguir as instruções que eles lhe possam fornecer.

 

Veja também:

Como se desenvolve a segurança de um automóvel
Os próximos sistemas de segurança a tornarem-se obrigatórios nos automóveis
Esta ilusão de ótica ajuda a evitar os atropelamentos

 

Partilhar