Publicidade

Hispano Suiza Carmen Boulogne fez a estreia oficial no Festival de Goodwood

Texto: Carlos Moura
Data: 21 de Julho, 2023

O Hispano Suiza Carmen Boulogne fez a sua estreia pública no Festival de Velocidade de Goodwood e a marca aproveitou a subida da lendária colina para testar a tecnologia do hipercarro.

Mais de 200 mil pessoas assistiram à apresentação oficial do Hispano Suiza Carmen Boulogne no Festival de Velocidade de Goodwood. O antigo piloto de Fórmula 1 e embaixador da marca, Luis Pérez-Sala, percorreu a lendária colina de Goodwood ao longo do fim de semana ao volante do hipercarro da histórica insígnia de automóveis espanhola.

“Enfrentar a subida no Festival da Velocidade de Goodwood é sempre uma experiência emocionante, e mais ainda ao volante do Hispano Suiza Carmen Boulogne, afirmou Luis Pérez-Sala. 

“Goodwood serviu-nos para continuar a testar a tecnologia do Hispano Suiza Carmen Boulogne. Viemos com um novo pack de baterias, e as rampas em que participámos proporcionaram-nos uma informação muito valiosa, que, agora, a nossa equipa técnica vai analisar, explicou o espanhol.

Apresentação da nova imagem

Por sua vez, Víctor Cobos, membro do conselho e CMO da Hispano Suiza, adiantou que “Goodwood é muito mais do que que a sua rampa”, acrescentado que o : este evento permitiu-nos apresentar a nossa nova imagem corporativa a nível internacional, e, também, estar em contacto com jornalistas, influencers e adeptos, mas, também, com clientes e instituições. Por tido isso, saímos daqui muito satisfeitos”.

LEIA TAMBÉM
Grand Tourer de 1114 cv. Hispano Suiza Carmen Boulogne é o hiperluxo catalão

O Hispano Suiza Carmen Boulogne é um Grand Tourer elétrico de duas portas e dois lugares, equipado com quatro motores elétricos síncronos (dois por cada roda traseira) que desenvolvem uma potência combinada de 820 kW ou 1114 cv, permitindo-lhe acelerar dos 0 aos 100 km/h em 2,6 segundos e alcançar uma velocidade máxima (limitada) de 290 km/h.

O binário de cada motor elétrico é controlado através de sofisticados sistemas de vectorização, desenvolvidos internamente e fazendo uso do conhecimento adquirido na Fórmula E.