MobiecoVolkswagen Amarok NF

Publicidade

Nova geração da Volkswagen Amarok pode vir a ter versão elétrica

Texto: Carlos Moura
Data: 14 de Agosto, 2020

A nova geração da Volkswagen Amarok pode vir a ter versões elétricas ou híbridas plug-in, revelou o administrador do Grupo Volkswagen, Thomas Ulrich. O lançamento de novas pick-ups elétricas obrigou o construtor alemão a ajustar a sua estratégia.

O Grupo Volkswagen lançou uma estratégia ambiciosa de renovação da sua gama, com veículos eletrificados. Designada RoadmapE, esta ofensiva elétrica prevê a comercialização de um total de 22 milhões de veículos elétricos até 2028.

Para atingir este objetivo, a gama de veículos elétricos das marcas do Grupo Volkswagen (Audi, Bentley, Bugatti, Seat, Skoda, Porsche e VW) vai expandir-se fortemente. Até 2029, o portefólio deverá integrar 75 modelos emissões zero.

Como já é natural, os planos estratégicos são objeto de alguns ajustamentos ao longo do tempo. Numa recente entrevista à publicação Autoblog, Thomas Ulbrich, o membro do conselho de administração da Volkswagen para a mobilidade elétrica, revelou que alguns dos novos ‘players’ levaram o grupo alemão a rever a sua estratégia de eletrificação.

No caso das pick-up, o anúncio da Rivian de lançar um veículo elétrico para este segmento, pode levar o Grupo Volkswagen a rever os seus planos iniciais.

Lançamento da Rivian levou o Grupo Volkswagen a ajustar os seus planos para um pick-up elétrica
Lançamento da Rivian levou o Grupo Volkswagen a ajustar os seus planos para um pick-up elétrica

“Passo a passo, a nossa investigação e pesquisa leva-nos a pensar que isso é cada vez mais possível”, afirmou o responsável durante essa entrevista. A possibilidade mais óbvia para uma pick-up elétrica da Volkswagen é o modelo Amarok, cuja nova geração está a ser desenvolvida pela Ford.

Acordo Ford-Volkswagen

Os dois construtores anunciaram uma parceria em 2019, que prevê o fornecimento de uma pick-up à Volkswagen para substituir a atual geração da Amarok. O novo modelo terá como base a nova Ford Ranger, que terá uma versão elétrica.

Todavia, existe ainda a possibilidade de uma versão híbrida-plug-in, o que permitiria aumentar o portefólio da Volkswagen caso exista uma partilha de motorizações para este modelo.

Os planos da Volkswagen incluem novos automóveis baseados na plataforma MEB, que se irão posicionar abaixo do ID.3. Thomas Ulbrich adiantou à Autoblog que os primeiros veículos pequenos serão lançados em 2023 ou 2024.

Isto parece confirmar um rumor que sugeria a comercialização de um modelo denominado ID.1 em 2025, para substituir o Volkswagen e-up, sendo o protótipo apresentado em 2023.