Publicidade

Ford Transit. Gama reforçada com versões de cinco toneladas

Texto: Carlos Moura
Data: 8 de Outubro, 2020

Para aplicações que exigem uma maior carga útil, a Ford desenvolveu as versões “pesadas” da Transit com peso bruto de cinco toneladas, tração traseira e motorização diesel de 170 cv

A Ford reforçou a oferta da gama Transit com o lançamento da versão “pesada”, com peso bruto de 5,0 toneladas, que entra em comercialização em novembro. Para disponibilizar uma maior carga útil, a suspensão foi revista, assim como a cadeia cinemática e o sistema de travagem.

A Ford Transit “pesada” está vocacionada para aplicações como veículos de construção com caixa basculante, ambulâncias, veículos policiais ou de bombeiros e miniautocarros com 19 lugares ou mais.

A gama “pesada” será proposta nos derivativos furgão de mercadorias e chassis-cabina (simples ou dupla), com base em três distâncias entre-eixos, quatro comprimentos de carroçaria.

A capacidade de carga máxima do chassis-cabina é 2886 kg para carroçamento, o que equivale a uma carga útil de 2558 kg com uma caixa aberta, instalada de fábrica.

Ford Transit 5,0 toneladas

A Transit de 5,0 toneladas também continua a ser comercializada na versão furgão L4 de tecto alto Jumbo, que oferece uma carga útil até 2383 kg e um volume útil de 11,5 m3. O seu compartimento de carga possui um comprimento de 4,21 metros e permite receber até cinco europaletes.

Para possibilitar o transporte de cargas mais pesadas, a secção lateral da carroçaria foi reforçada e dispõe ainda de um degrau integrado no pára-choques traseiro para facilitar o acesso.

Transformadores qualificados em 13 países

Os clientes que necessitam de soluções específicas podem beneficiar da rede de 165 transformadores qualificados pela Ford em 13 países, que cumprem os níveis de fabrico, controlo de qualidade e apoio ao cliente da marca. Todas as transformações qualificadas beneficiam da garantia de fábrica.

Ford Transit Chassis-Cabina de 5,0 toneladas

As versões de cinco toneladas da Transit possuem, naturalmente, tracção traseira e estão equipadas com o motor Ford EcoBlue de 2,0 litros que desenvolve uma potência de 170 cv e um binário de 390 Nm.

O propulsor pode ser associado a uma caixa manual de seis velocidades ou a uma automática de dez relações. Esta última permite um melhor aproveitamento das caraterísticas do motor em termos de eficiência e de resposta.

LEIA TAMBÈM
Comerciais Ford. Agora a conectividade é de série

A Transit de 5,0 toneladas estreia um eixo traseiro de 3500 kg na Europa, que provou a sua robustez e durabilidade nas versões norte-americanas deste modelo. Em conjugação com a caixa automática de dez velocidades.

Interior igual à restante gama

O interior da nova versão da Transit apresenta o design da gama lançada em 2019, assim como os sistemas de assistência à condução e conectividade.

Os utilizadores podem beneficiar do mais recente sistema de comunicação e entretenimento SYNC 3 e de um módulo que pode ser configurado para melhorar as capacidades dos veículos transformados.

O sistema também estabelece a ligação a elementos de bordo do veículo para proporcionar a máxima segurança e produtividade, não deixando, por exemplo, operar a caixa basculante se o veículo não estiver imobilizado e com o travão de estacionamento acionado.