Mobieco

Publicidade

Pear. SUV mais acessível da Fisker pode ter seis lugares e 515 km de autonomia

Texto: Carlos Moura
Data: 4 de Setembro, 2023

O SUV elétrico mais acessível da Fisker, o Pear, poderá ter seis lugares e uma tampa da bagageira recolhível. Esta proposta terá duas opções de bateria, com autonomias de até 290 ou 515 km, e dois tipos de de tração, traseira ou integral.

Na sequência da apresentação recente da sua futura gama, a Fisker avançou com novas informações acerca do seu SUV elétrico mais acessível, o Pear. 

Com um posicionamento de preço abaixo de 28 mil euros antes de incentivos governamentais, a carroçaria daquele modelo possui um comprimento exterior de 4,55 metros e o habitáculo permite transportar cinco ou seis pessoas. Para receber o número mais elevado de ocupantes, o banco tradicional do passageiro e a consola central são substituídos por um assento duplo do acompanhante.

Fisker PEAR 2023

Outra caraterística distintiva é a “mala Houdini” que permite aos utilizadores carregarem e descarregarem o veículo em ruas estreitas ou em estacionamentos com altura mais baixa. Para o efeito, a tampa da bagageira e o óculo traseiros descem para o interior do pára-choques traseiro.  

O Pear também recebe um género de armário na parte dianteira, que pode ser utilizado para guardar todo o tipo de objetos, desde pizzas até roupa de desporto, permitindo afastar os maus cheiros do habitáculo, A mala dianteira será proposta, em opção, com isolamento pra manter a comida quente ou fria.

Duas opções de bateria

No que refere à linha motriz elétrica, a Fisker irá disponibilizar duas opções de bateria com uma autonomia estimada de 290 quilómetros ou 515 quilómetros. O Pear será comercializado com tração traseira ou integral. Quanto a prestações, a marca anuncia uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 6,3 segundos. Igualmente prevista está a versão de prestações mais elevadas, Pear Extreme.

Fisker PEAR 2023 pode ter seis lugares

Do ponto de vista técnico, o Pear vai ser o primeiro modelo da Fisker a utilizar uma arquitetura computacional de elevada performance, desenhada internamente, denominada Fisker Blade. 

LEIA TAMBÉM
Fisker revela quatro elétricos que chegam em…2026!

O potente computador está ligado aos restantes sistemas do veículo através de uma rede interna de Ethernet para permitir elevadas velocidades de transmissão de dados e de diagnóstico. A rede sem fios 5G/Wi-Fi 6 transforma o Pear num pequeno centro de dados ligado à Cloud, segundo reivindica a Fisker.