Mobieco

DS elétricos já chegaram


Data: 9 Julho, 2019

A DS não tem dúvidas de que o futuro é elétrico ou eletrificado. As primeiras entregas das versões E-Tense dos DS 3 Crossback (41 000€) e DS 7 Crossback (53 800€) começam em janeiro e até 2023 são lançados mais quatro modelos.

A DS tem um papel claro na estratégia do Grupo PSA e assume-o também, no capítulo da eletrificação: até 2022 o grupo terá nada menos do que 40 modelos elétricos ou plug-in e destes nada menos do que seis exibirão a marca DS.

Mesmo em Portugal a caminhada já começou com a abertura das encomendas e o anúncio de que as primeiras entregas ocorrerão já em janeiro com o preço do DS3 Crossback E-Tense a começar nos 41 000 €, enquanto o DS 7 Crossback tem um preço de entrada de 53 800 €.

No que diz respeito àquele que é o primeiro SUV premium do segmento B com propulsão elétrica conta com um motor de 100 kW (136 cv) e uma bateria de 50 kWh que lhe assegura uma autonomia de 320 km (ciclo WLTP). Além da preservação das características de requinte a bordo, com detalhes exclusivos que ilustram o posicionamento refinado, também no capítulo da dinâmica houve a preocupação conservar a atitude apaixonante do modelo a combustão. Prova disso mesmo é a aceleração de 0-50 km/h em 3,3 segundos, bem como a colocação da bateria numa posição baixa, no centro do carro. Ao dispor do condutor estão três modos de condução (Eco, Normal e Sport), bem como dois programas de regeneração da energia produzida durante a travagem e desaceleração.

Ainda em relação à bateria, cujo aumento de peso na estrutura foi compensado com a redução em 50 kg conseguida em diversos componentes, a DS oferece uma garantia de oito anos ou 160 mil quilómetros. O seu carregamento pode processar-se nas tomadas domésticas, através da Wallbox DS que com corrente trifásica garante uma carga completa em cinco horas, ou num carregador rápido de 100 kWh que nos permite carregar 80% da capacidade da bateria em 30 minutos.

Já no caso do DS 7 Crossback E-Tense  recorre à propulsão híbrida, isto é, conjuga o motor de gasolina de 1.6 litros (200 cv) com dois motores elétricos no eixo traseiros, o que lhe confere uma potência combinada de 300 cv e tração integral. A energia é fornecida por uma bateria com 13,2 kWh que assegura uma autonomia de 58 km em modo elétrico (ciclo WLTP) um valor que está no topo daquilo que este tipo de tecnologia é, por agora, capaz de assegurar. O seu carregamento completo numa Wallbox Smart DS demora 1 hora e 45 minutos.

Tal como o seu “irmão” mais pequeno, também do DS 7 Cossback E-Tense conserva intactas as características de luxo, com pormenores como os acabamentos em couro e um design interior cativante. NO que à condução diz respeito estão disponíveis os modos Confort, Sport, Hybrid e Energy Save que nos permite guardar a energia elétrica para ser utilizada na condução em cidade.

As versões eletrificadas dos DS 3 e DS 7 Crossback são comercializadas com um conjunto de serviços complementares, como é o caso do cartão Charge My DS pass e o “Trip Planner” que permitem maximizar as oportunidades da propulsão elétrica.

Leia tambémhttps://www.turbo.pt/ds3-crossback-mais-um-suv-premium/

Partilhar