Publicidade

Momento para assistir. Honda mostra como nasce o Civic Type R

Texto: Francisco Cruz
Data: 17 de Outubro, 2022

A entrar naquela que é a sua sexta geração e a última a chegar à Europa com motor apenas de combustão, o Honda Civic Type R é já um ícone, não apenas da marca a que pertence, como da própria indústria automóvel. O que, diga-se, torna ainda mais interessante conhecer, por dentro, a forma como é fabricado o novo Civic Type R, na única fábrica onde é feito.

Representante de uma época de ouro que parece aproximar-se do fim, o Honda Civic Type R é, já hoje em dia, um dos últimos e verdadeiros resistentes dos outrora muito desejados hot hatches. Desportivos compactos equipados com motores de combustão exclusivamente a gasolina, que frequentemente preenchiam os sonhos dos apaixonados pelos automóveis e, principalmente, pela condução.

Ciente desta realidade e numa altura em que próprio fabricante nipónico parece assumir a chegada, em breve, de numa nova era, em que este tipo de propostas dificilmente conseguirão subsistir, foi a própria Honda a abrir as portas da unidade de produção Yorii, em Saitama, no Japão, para dar a conhecer aos fãs de todo o mundo como é produzido o novo Civic Type R.

Única fábrica de onde sai a nova sexta geração do hatchback desportivo, com destino aos mais diferentes mercados onde a Honda ainda comercializa o modelo, o registo em vídeo que aqui reproduzimos, com a devida vénia aos nossos colegas da Carscoops que primeiramente o divulgou, relativo à forma como ainda é montado o Civic Type R, não deixa de causar, especialmente entre os apaixonados por automóveis, algum saudosismo. Nomeadamente, os vários passos de um processo de montagem e produção que o futuro poderá vir a simplificar…

LEIA TAMBÉM
Conheça os preços. Novo Honda Civic híbrido já pode ser pré-reservado

De resto e ainda sobre o vídeo, termina com a saída do Civic Type R da linha de montagem, seguida da realização de uma série de testes, após os quais o veículo é colocado nos camiões de transporte, com destino aos concessionários de todo o mundo.

Nem só de Type R se faz Yorii…

Relativamente à fábrica Yorii, que as imagens mostram como um espaço cuidado e limpo, vale a pena dizer que tem uma capacidade de produção de 250 mil veículos por ano, dos quais o Civic Type R é apenas uma pequena parte. Sendo, por isso, possível ver, no vídeo, imagens de relance de modelos como o Honda Step WGN e:HEV ou o Honda Freed.

Quanto ao Civic Type R, a Honda começou por produzir em Yorii cerca de 400 unidades por mês, sendo que, em setembro último, foi obrigada a reduzir este número em 40%, devido a problemas de fornecimento de componentes.

O Honda Civic Type R na linha de montagem. Foto: Carscoops

No entanto e ainda antes disso ocorrer, os clientes japoneses já contavam com um tempo de espera, até conseguirem receber o seu Type R, de cerca de seis meses.

No caso específico de Portugal, mercado de pouco peso nas contas do fabricante nipónico, onde o desportivo só deverá chegar no início de 2023, o importador só conseguiu garantir 10 unidades, as quais esgotaram em apenas 72 horas de comercialização. E, isto, apesar do modelo ainda nem sequer ter preço definido!…