Block estreia Escort RS Cosworth a explodir o motor

Texto: Filipe Bragança
Data: 24 Março, 2019

O motor chegou ao limite durante a estreia do piloto americano, no mundo dos ‘rallyes’.

Ken Block, piloto oficial da Hoonigan Racing Division (antiga Monster World Rally Team), fundador da marca de vestuário DC e o autor das várias Gymkhanas, resolveu voltar ao mundo dos rallies ao volante de um Ford Escort RS Cosworth de 1997. O americano, que chegou a passar pelo WRC, emparelha ao motor original uma série de modificações, que lhe confere uma potência de 395 cv, auxiliado por uma caixa sequencial de 7 velocidades. Que, no entanto não resistiu à terceira classificativa do “100 Acre Wood Rally”, como pode ver nos aos 6 min. do vídeo seguinte.

Mas esta não é a única particularidade, já que existem no novo carro “lembranças” do Ford RS Cosworth original que ardeu em 2018. Na pintura da roll-cage, existem “granulados” de metal recuperado depois do incêndio. Embora este seja um modelo antigo para inserir neste formato moderno de provas, o ‘Cossie’ de Block encontrava-se em quarto da geral, ao fim das duas primeiras etapas da prova.

Mas à entrada da terceira e última etapa, quando tudo parecia correr de feição, o motor decidiu auto-destruir-se. Os mecânicos da equipa da Hoonigan ainda tentaram resgata-lo, mas sem sucesso. No sábado da última semana a equipa foi mesmo forçada a retirar-se da prova, encerrando a estreia deste Coswort com um estrondo, literalmente.

 

Veja também:

Ford celebra St. Patrick´s Day a ‘patinar’ (com vídeo)
Contra-brecagem + aquaplaning = emoções fortes
BMW M prepara novo motor para os M3 e M4
Árvores caídas na pista de Nürburgring